Sorocaba e Região

Campanha Antirrábica prossegue até 1º de dezembro

No primeiro dia da vacinação 13.748 animais foram imunizados
O objetivo é que todos os animais sejam imunizados contra a raiva. Crédito da foto: Carlos Araújo

Donos de cães e gatos incluíram na programação de atividades deste sábado (10) o compromisso de levar os animais para a vacinação antirrábica nos postos designados pela Divisão de Zoonoses para essa prestação de serviço.

A funcionária pública aposentada Maria Lúcia Athayde, de 63 anos, tem quatro animais e fez duas viagens à UBS da Vila Jardini: na primeira, levou um cão e um gato, e na segunda, levou os cães poodle Gordo e Ioda. A satisfação foi equivalente a missão cumprida. “Dá trabalho, mas tem que vir”, disse Maria Lúcia, que teve que segurar os dois cães para garantir a vacinação. Ela disse que onde mora há muitos cachorros na rua e teria vontade de também levá-los para a vacinação, mas só consegue levar os seus quatro animais.

O eletricista Bruno Levi de Campos, de 42 anos, também compareceu na UBS da Vila Jardini com o seu cão Thor e a cadela Pantera. A dona de casa Angela Maria Nascimento Cruz, de 52 anos, também fez a sua parte ao levar o cachorro para a vacinação. “É bom para evitar muita doença”, ela justificou.

Leia mais  Sorocaba totaliza 33.045 recuperados da Covid-19 e 34.063 casos confirmados 

A vacinação da Campanha Antirrábica começou no último dia 3, foi realizada também neste sábado (10/11) e há mais duas datas programadas, para os dias 24 de novembro e 1º de dezembro. As doses da vacina são oferecidas em 33 postos, das 9h às 17h. No primeiro dia da vacinação 13.748 animais foram imunizados, sendo 12.031 cães e 1.717 gatos. A campanha ainda prevê vacinação nas áreas rurais durante os dias úteis.

O objetivo é que todos os animais sejam imunizados contra a raiva para prevenir a ocorrência da doença na cidade. “Os animais devem ser levados aos postos de vacinação contidos em guias ou coleiras por pessoas maiores de 18 anos e com capacidade física para contê-los”, explica a médica veterinária e chefe da Divisão de Zoonoses, Thaís Buti.

Leia mais  Parte de prédio inacabado e abandonado desaba em Sorocaba

A veterinária também ressalta a importância da imunização, pois se trata de uma doença fatal tanto em animais quanto em humanos. “No ano de 2018, Sorocaba identificou sete morcegos positivos para raiva, o que significa que temos a circulação do vírus na cidade, sendo imprescindível que os animais estejam protegidos contra essa doença fatal e tão grave para a saúde pública”, alerta.

Orientações
Deverão ser vacinados cães e gatos com idade superior a 3 meses. A vacina não tem contraindicação e fêmeas gestantes podem ser vacinadas normalmente. Cães devem ser levados aos postos contidos em guias ou coleiras e gatos em caixas de transporte ou semelhantes.

No caso de cães bravos, orienta-se que sejam levados com focinheiras para evitar mordeduras e para os gatos, toalhas ajudam evitar arranhões no ato da aplicação. A vacinação deve ser anual. As vacinas serão aplicadas apenas nos postos de vacinação. Nenhuma dose será fornecida para que cidadãos realizem a aplicação por conta própria.

Durante as semanas de novembro, a vacinação em postos volantes ocorrerá nos bairros mais distantes da cidade. Há um posto fixo de vacinação no canil municipal, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, na Seção de Controle Animal, situada à rua Rosa Maria de Oliveira, 345, no Jd. Zulmira. Para mais informações, os interessados podem ligar nos telefones (15) 3229-7333 ou 3229-7300.

Comentários