Sorocaba e Região

Caminhada e ‘multa moral’ abrem Semana da Pessoa com Deficiência

Início será na praça Frei Baraúna; na rua da Penha, cadeiras de rodas ocuparão vagas de estacionamento

 

Ações são organizadas pela Coordenadoria de Políticas para a Pessoa com Deficiência, da Secid,. Crédito da foto: Divulgação Secid

 

Duas ações com objetivo de sensibilizar os sorocabanos sobre as dificuldades sentidas diariamente pelas pessoas com deficiência e mobilidade reduzida iniciam a Semana Municipal da Inclusão e de Luta da Pessoa com Deficiência. Os atos ocorrerão na segunda-feira (23), no Centro. Às 9h, na praça Frei Baraúna, ocorrerá a Caminha da Inclusão, que abre oficialmente a programação.

Das 7h30 às 10h, haverá uma ação educativa na rua da Penha, na qual vagas de estacionamento serão ocupadas por cadeiras de rodas e aplicação da “multa moral” a motoristas que desrespeitarem vagas preferenciais.

Com concentração a partir das 8h, a Caminhada da Inclusão sairá da “Frei Baraúna” às 9h e passará pelas ruas Cesário Mota e São Bento, com destino à praça Coronel Fernando Prestes.

Organizada pela Coordenadoria de Políticas para a Pessoa com Deficiência da Secid, a mobilização tem apoio do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida (CMPcD) e instituições e entidades da sociedade civil.

Quem estiver pela região central nesta segunda-feira poderá presenciar também a ação educativa “Esta vaga não é sua nem por um minuto!”, que acontecerá de forma simultânea.

Leia mais  Bingo que tinha 100 pessoas é fechado na capital paulista

Das 7h30 às 10h, cinco vagas comuns de estacionamento da rua da Penha serão ocupadas por cadeiras e será aplicada uma “Multa Moral a eventuais infrações, visando chamar a atenção dos motoristas sobre o respeito às vagas preferenciais PcD. No período da tarde, das 15h às 16h, a atividade se repetirá no estacionamento descoberto do Pátio Cianê Shopping.

Números

Segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), o Censo 2010 registrou 126.898 sorocabanos com algum tipo de deficiência física, mental, auditiva ou visual – cerca de 30% da população.

A secretária Suélei Gonçalves vê a Semana Municipal da Inclusão e de Luta da Pessoa com Deficiência como uma oportunidade de levar informação e combater preconceitos. “Muitos de nós sequer pensamos nestas questões por não vivenciarmos. Por isso, vamos abrir a programação com ações que nos façam sentir na pele a dificuldade dos outros e nos conscientizarmos pela empatia”, expôe.

Leia mais  Poupatempo fica fechado na fase vermelha

A Semana Municipal da Inclusão e de Luta da Pessoa com Deficiência promoverá uma série de palestras, exposições, oficinas, apresentações, dentre outras atividades até o domingo (29) nas áreas esporte, acessibilidade, cultura, lazer, tecnologia assistiva, direitos do consumidor, assistência jurídica, psicológica, previdenciária, dentre outras.

A programação completa por escrito e por áudio está no site cidadania.sorocaba.sp.gov.br.

Comentários