Sorocaba e Região

Bombeiros resgatam boi que caiu em poço de chácara em Sorocaba

Estimativa é que o animal tenha ficado mais de 12 horas no local, mas ele recebeu atendimento e passa bem
Os profissionais conseguiram amarrar e puxar o animal após ele ser sedado. Crédito da foto: Cortesia

Um boi foi resgatado após cair no poço de uma chácara no Jardim Alegria, em Sorocaba, na noite desta quinta-feira (28). O trabalho, realizado pelo Corpo de Bombeiros, durou mais de três horas e envolveu profissionais e equipamentos especializados. O animal já era dado como morto por funcionários do local, mas após a remoção recebeu atendimento veterinário e passa bem.

Segundo o autônomo Reinaldo Alves Júnior, que prestava serviço na chácara no momento do acidente, o boi encontrado no poço por volta das 18h. Homens que trabalhavam no local tentaram, sem sucesso, fazer a remoção do bicho. Os bombeiros foram acionados e enviaram uma equipe, mas os profissionais constataram que o poço era de difícil acesso e chamaram reforço.

Reinaldo conta que o animal só estava com a cabeça para fora da água. “O poço tinha nove metros e, apesar de ser desativado, ainda tinha água”, cita. Foi necessário reforçar o solo no entrono para apoiar o suporte das cordas. Um bombeiro especialista em locais confinados entrou no buraco com um cilindro de oxigênio, mas não conseguiu passar o fio pelo corpo do animal.

A corporação acionou um veterinário e dois residentes da Universidade de Sorocaba (Uniso), que chegaram com mais equipamentos e medicamentos. O boi foi sedado, o que facilitou com que fosse amarrado e puxado de volta para a superfície. Então, recebeu atendimento pela equipe da Uniso. “Hoje (sexta) ele já estavam correndo pelo pasto de novo”, cita Reinaldo.

O prestador de serviço destaca o esforço dos bombeiros e também a importância da presença dos veterinários para que o animal saísse com vida. Segundo ele, foi necessária uma verdadeira operação de resgate. “O poço tinha muito lixo e estava escuro, mas mesmo assim eles ficaram lá até encerrar o trabalho. Eles entraram na água apesar dos riscos de contaminação”, lembra.

A chácara é particular e tem mais de 20 cabeças de gado, conforme Reinaldo. O poço foi fechado no mesmo dia com auxílio de uma retroescavadeira.

Comentários