Sorocaba e Região

Bacia do RDC Água Vermelha será entregue em 15 de agosto

A segunda linha tem previsão para ser instalada até a primeira quinzena de julho
Bacia do RDC Água Vermelha será entregue em 15 de agosto
Obras devem evitar cheias e alagamentos na região da Água Vermelha. Crédito da foto: Divulgação

As obras do Reservatório de Detenção de Cheias (RDC) Água Vermelha caminham para a fase final. As etapas relativas à escavação da bacia, construção das estruturas de controle de vazão e microdrenagem do entorno já foram concluídas. Ainda está em execução a substituição da travessia da rua Aclimação, cuja primeira linha de aduelas foi instalada no final de junho. A segunda linha tem previsão para instalada até a primeira quinzena de julho, para, posteriormente, ser refeito o pavimento da via. A inauguração da obra está prevista para acontecer em 15 de agosto.

Também estão em andamento os trabalhos de urbanização da bacia 2, com a construção de ciclovias, calçadas, instalação de playground, plantio de grama, iluminação, arborização e paisagismo. A inauguração da segunda bacia, denominada Romeu Pires de Osório será no dia 15 de agosto, quando é comemorado o aniversário de Sorocaba. Os serviços são executados pelas equipes da Secretaria de Conservação, Serviços e Obras (Serpo) e Secretaria de Meio Ambiente, Parques e Jardins (Sema).

Leia mais  Ministério Público recebe representação contra IPTU complementar

A expectativa é de que as mudanças reduzam alagamentos causados por fortes chuvas em avenidas da cidade . “As obras do RDC Água Vermelha consistem na implantação de duas bacias de contenção interligadas, visando a eliminação de pontos de alagamentos registrados em períodos de fortes chuvas nos cruzamentos das avenidas Washington Luiz com Capitão Bento Mascarenhas Jequitinhonha; Washington Luiz com Comendador Pereira Inácio; e Barão de Tatuí com Abrão de Mahuad”, afirma o diretor geral do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), Ronald Pereira da Silva.

A área total da obra é de 42.650 metros quadrados, abrangendo cinco bairros: Jardim América, Vila Jardini, Jardim dos Estados, Jardim Paulistano e Jardim Embaixador. Uma das bacias (RDC 1), já concluída, tem 12.750 metros quadrados, com capacidade para 31.875 metros cúbicos de água, num espaço formado pelas avenidas Washington Luiz, Bento Mascarenhas Jequitinhonha, Abraham Lincoln e rua Padre José Carlos Simões.

Leia mais  Agências da Caixa abrem mais cedo nesta sexta para saque do FGTS

A outra bacia de contenção (RDC 2) está numa área de 29.900 metros quadrados, compreendendo as ruas Marechal Dutra, Manaus, Aracaju, Natal, Garcia Redondo e Visconde de Cairú, próxima à Escola Técnica Estadual (Etec) Fernando Prestes. Tem capacidade para receber um volume de 74.750 metros cúbicos de água.

O funcionamento do novo sistema de drenagem consiste, basicamente, no armazenamento das águas de chuva pelas duas bacias por um determinado período, até que elas atinjam o seu volume máximo de contenção. Quando tem início o escoamento gradativo das águas por um sistema de extravasão, é possível minimizar as ocorrências de transbordamento do córrego Água Vermelha. A obra total será finalizada com a urbanização no entorno das duas bacias de contenção, que serão interligadas, com a implantação de ciclovia e pista de caminhada, entre outros equipamentos de lazer, formando o Parque dos Estados. (Secom Sorocaba)

Comentários

CLASSICRUZEIRO