Sorocaba e Região

Autoridades são homenageadas pelo CPI-7 com colar comemorativo

Solenidade fez a Outorga do “Colar Evocativo ao Sesquicentenário da Revolução Liberal de 1842”
Autoridades são homenageadas pelo CPI-7
Efetivo da corporação participou da solenidade festiva ao patrono da Polícia Militar, na sede do CPI-7, em Sorocaba. Crédito da foto: Emidio Marques (4/10/2019)

 

Deputados de Sorocaba e região foram homenageados na manhã desta sexta-feira (4) durante a solenidade de Outorga do “Colar Evocativo ao Sesquicentenário da Revolução Liberal de 1842”, na sede do Comando de Policiamento de Área do Interior (CPI-7).

O evento fez parte da 47ª Semana Brigadeiro Rafael Tobias de Aguiar, sorocabano ilustre que é considerado o fundador da Polícia Militar no Estado de São Paulo.

Receberam a outorga o deputado estadual Danilo Balas (PSL) e os federais Capitão Guilherme Derrite (PP), Guilherme Mussi (PP) e Guiga Peixoto (PSL), entre outras autoridades. Também esteve presente no evento o senador Major Olímpio (PSL), que entregou o colar para o comandante do CPI-7, coronel PM Willians de Cerqueira Leite Martins.

O promotor de Justiça Farto Neto, também presente no evento e que já foi um dos homenageados com o “Colar Evocativo ao Sesquicentenário da Revolução Liberal de 1842”, destacou a importância da solenidade. Ele destaca que é um reconhecimento público de autoridades e pessoas que colaboram, direta ou indiretamente, com a Polícia Militar na tarefa de fazer o policiamento. “Nessa tarefa de trazer a segurança para a comunidade, e uma medalha que tem reconhecimento em todo o Estado, as pessoas ficam lisonjeadas em receber tal homenagem”, afirma.

Autoridades são homenageadas pelo CPI-7
Deputado estadual Danilo Balas, senador Major Olímpio e o promotor de Justiça Farto Neto. Crédito da foto: Emidio Marques (4/10/2019)

 

Farto Neto destacou ainda que é importante homenagear cidadãos que se destacam para incentivar cada vez mais pessoas a participar da vida pública, a partir de discussões dos assuntos importantes para o município. “É um reconhecimento justo para aqueles que fizeram um trabalho em prol da sociedade”, diz.

Leia mais  Arcebispo pede orações a invasores que profanaram sacrário de igreja

Já o deputado estadual Danilo Balas (PSL) disse que foi uma honra como policial militar receber a homenagem. “Rafael Tobias de Aguiar é um ícone para a PM, então, é um orgulho receber tal condecoração”, diz. E o federal Guiga Peixoto (PSL) também destacou a honra e a importância de receber a medalha e a homenagem durante a solenidade no CPI-7. “Eu fico muito orgulhoso em receber essa medalha que muito vai contribuir para a minha carreira social, política e pessoal”, disse.

Antes da cerimônia no CPI-7, o promotor Farto Neto recepcionou o deputado federal Capitão Guilherme Derrite (PP) e o senador Major Olímpio (PSL), que estiveram visitando Sorocaba para participar da solenidade na PM, além de conhecer as principais demandas de Sorocaba e região. Major Olímpio destacou a importância do sorocabano Rafael Tobias de Aguiar na história da PM paulista. O senador ficou em Sorocaba e à noite jantou com amigos em uma chácara da cidade.

Autoridades são homenageadas pelo CPI-7
Os deputados federais Guilherme Mussi e Guiga Peixoto também receberam a homenagem. Crédito da foto: Emidio Marques (4/10/2019)

 

Representando a Fundação Ubaldino do Amaral (FUA), mantenedora do jornal Cruzeiro do Sul, também esteve presente na solenidade o membro do Conselho Editorial, Luiz Antonio Zamuner. Além de autoridades civis e militares, o evento contou ainda com a presença de representantes do Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Sorocaba (IHGGS).

Outra presença de destaque no evento foi a coronel da Polícia Militar, Helena dos Santos Reis, que é a atual diretora de Polícia Comunitária e de Direitos Humanos da PM, e que também foi agraciada com a Outorga.

Leia mais  Vítima soterrada em desmoronamento é resgatada em Sorocaba

Cobrada unidade regional do Baep

Os deputados de Sorocaba e região e o senador Major Olímpio disseram que vão cobrar o governo do Estado para que seja instalado na cidade uma unidade do Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep). Promessa do governador João Doria (PSDB), a definição da data em que Sorocaba receberá o Baep ainda está incerta.

A cobrança foi feita também, na manhã desta sexta-feira (4), durante entrevista do deputado federal Capitão Derrite e do senador Major Olímpio (PSL) no Jornal da Cruzeiro, da rádio Cruzeiro FM 92,3, mantida pela Fundação Cultural Cruzeiro do Sul.

Para os deputados, a instalação da unidade seria uma medida para aumentar o efetivo de policiais militares na cidade. O Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) investiga denúncia de que Sorocaba possui um efetivo de policiais militares abaixo da média nacional e estadual, e também abaixo do recomendado pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Autoridades são homenageadas pelo CPI-7
Deputado federal capitão Guilherme Derrite. Crédito da foto: Emidio Marques (4/10/2019)

 

Leia mais  Mais 62 mortes são registradas na cidade; 61 pessoas esperam UTI

Os deputados Derrite (PP) e Mussi (PP) disseram que o assunto já está sendo articulado com o vice-governador Rodrigo Garcia. “Não é apenas uma realocação ou remanejamento de policiais. Nós vamos trazer mais policiais para a cidade de Sorocaba”, afirma Mussi. Ele disse ainda que no fim da tarde desta sexta-feira (4) iria se reunir com o vice-governador inclusive para cobrar a unidade do Baep na cidade.

Já Derrite destacou o fato de cidades menores do que Sorocaba, como São José do Rio Preto, terem dois batalhões da PM, enquanto Sorocaba tem só um. “Há muito tempo um maior efetivo da PM para Sorocaba e região faz parte do nosso pleito e isso vai ocorrer, assim como uma unidade do Baep”, afirma.

Major Olímpio também citou o fato de cidades menores já contarem com unidades do Baep e Sorocaba não. “O governador Doria lamentavelmente fez um compromisso da instalação ainda em 2019 de um Baep em Sorocaba, mas isso ainda não ocorreu. E olha o tamanho da região de Sorocaba e a importância econômica e financeira da região”, diz. (Ana Cláudia Martins)

Comentários