Sorocaba e Região

Ato ecumênico marca o Casamento Comunitário

Cerimônia reuniu 80 casais, parentes, amigos e convidados no Instituto Humberto de Campos
Ato ecumênico marca o Casamento Comunitário
João Augusto se vestiu com a farda a pedido da noiva Wanessa. Crédito da foto: Fábio Rogério

Cerca de 80 casais — de um total de 100 inscritos — celebraram ontem a união no Casamento Comunitário, realizado no salão do Instituto Humberto de Campos, com o apoio da Prefeitura de Sorocaba. Os outros 20 casais inscritos não participaram da cerimônia festiva por questões religiosas. Organizado pelo Fundo Social de Solidariedade (FSS), o evento ecumênico atraiu um público estimado em 800 pessoas, entre casais, parentes, amigos e convidados, segundo avaliação da Prefeitura.

A cerimônia começou às 16h com o primeiro casal, Jônatas Soares e Ariane Cristina, ambos de 20 anos, sendo conduzidos pelo prefeito José Crespo e a primeira-dama Lilian Crespo, presidente do Fundo Social de Solidariedade (FSS). Também atraiu a atenção o noivo mais idoso entre os participantes: ele é Osualdo Lopes Vilanova, de 98 anos, com a noiva Jionides Lopes Vilanova, de 62 anos. Quando perguntado por que optou por se casar nessa idade, Vilanova respondeu com bom humor: “Construindo a mocidade.” Jionides contou que eles já vivem juntos há 33 anos e tiveram cinco filhos, dos quais três morreram, e fez uma declaração a Vilanova: “Como já estou com ele há muito tempo, eu estou feliz, muito feliz, e quero terminar a minha vida com ele.” Jionides acrescentou: “Até porque eu não gosto de pilantra, e ele (Vilanova) é um homem muito direito, senão não estaria tanto tempo comigo”. E descreveu o que é um homem direito: “Ele é decente, honrado, todo mundo quer bem a ele, isso me cativa.”

Leia mais  Área aberta na região central traz insegurança

Farda de bombeiro

Ato ecumênico marca o Casamento Comunitário
Aos 98 anos, Osualdo oficializou a união do 33 anos com Jionides. Crédito da foto: Fábio Rogério

O casal de noivos João Augusto Alves dos Santos, de 46 anos, e Wanessa de Jesus Chagas, de 37 anos, também viveu um dia mágico. Santos se destacou por estar com a farda de bombeiro — e garantiu que o uso atendia a um pedido da noiva. Wanessa, por sua vez, comemorou: “Eu estou muito feliz.”

Os casais formaram uma fila para entrar no salão de festas, todos acompanhados pelos olhares atentos de parentes e convidados. Várias mulheres trajavam vestidos de noiva tradicionais, enquanto outras optaram por roupas de outros modelos. Todos entraram no salão ao som da marcha nupcial.

Ação social

Ato ecumênico marca o Casamento Comunitário
O prefeito José Crespo e a primeira-dama Lilian Crespo conduziram o primeiro casal, Ariane e Jônatas. Crédito da foto: Fábio Rogério

Lilian Crespo disse que o Casamento Comunitário é a segunda maior ação social do FSS — a primeira, segundo ela, é a festa de Natal para mais de 2.500 crianças: “Aqui é uma ação social diferenciada, justamente pelo fato de regularizarmos a situação legal desses casais.” Ela comentou a participação do casal Vilanova, afirmando que o noivo de 98 anos quer garantir amparo à noiva: “Os casais passam a ter os direitos civis regularizados.”

Leia mais  IFSP oferece 120 vagas para cursos técnicos gratuitos em Sorocaba

O Casamento Comunitário é realizado anualmente. Segundo a Prefeitura, este ano, em especial, cada casal também recebeu dois presentes para enriquecer seus enxovais, cedidos por servidores das secretarias municipais, por comerciantes e empresários sorocabanos. Os presentes doados foram desde eletrodomésticos, como liquidificadores, até alianças e estadias. (Carlos Araújo)

Comentários

CLASSICRUZEIRO