Sorocaba e Região

Assoreamento em Parque gera reclamações

Adriane Mendes – adriane.mendes@jornalcruzeiro.com.br

Pessoas que gostam de pescar no Parque Porto das Águas, que fica na avenida 15 de Agosto, de modo esportivo ou mesmo para comer, reclamam que um dos lagos vem sofrendo assoreamento desde o final do ano passado. A preocupação, segundo eles, é porque neste reservatório tem muitos peixes, e temem pelos danos feitos naquele espaço.

O engenheiro industrial Paulo Marcondes, adepto da pesca esportiva, diz que o assoreamento teve início no final do ano, e que o caso deverá ser denunciado junto à Comissão do Meio Ambiente da Câmara Municipal. O serralheiro Francisco Furlaine, que gosta de pescar tilápia, lambari e traíra, para comer, diz que nesse lago é melhor para se pescar, e destacou que no lago maior teria morrido duas toneladas de peixes há aproximadamente três semanas. Ele ainda afirma que após tal mortandade, vários peixes estão vindo para o lago que está sendo assoreado, e que estaria se transformando numa espécie de berçário.

Leia mais  Seis UBSs passam a atender exclusivamente casos de Covid

Francisco: mortandade de peixes - EMÍDIO MARQUES

Francisco: mortandade de peixes – EMÍDIO MARQUES

Já o torneiro mecânico Fabrício Correia, que também frequenta o local para pesca, disse já ter ouvido comentários de que o lago seria assoreado para dar lugar à uma praça. Também durante a presença da reportagem no local, havia uma retroescavadeira a serviço do Saae, mas seu condutor optou por não dar nenhum detalhe sobre o serviço realizado no local.

Retroescavadeira trabalhava ontem na remoção de terra  - EMÍDIO MARQUES

Retroescavadeira trabalhava ontem na remoção de terra – EMÍDIO MARQUES

Por meio de nota, o Saae informou estar apoiando a Secretaria de Meio Ambiente, Parques e Jardins (Sema) no trabalho de restauração das margens do lago e da ampliação de área de vegetação, mas que os detalhes do projeto são de domínio da Sema.

Comentários