Sorocaba e Região

Araçoiaba da Serra flexibiliza funcionamento do comércio local

A decisão foi tomada após reunião do Comitê de Prevenção e Combate ao Coronavírus na cidade
Araçoiaba da Serra flexibiliza funcionamento do comércio local
Decreto permite o funcionamento de uma série de atividades que estavam suspensas desde o início da quarentena. Crédito da foto: Emidio Marques / Arquivo JCS (5/4/2018)

O prefeito de Araçoiaba da Serra, Dirlei Salas Ortega (PV), publicou nesta quarta-feira (22) um novo decreto que permite o funcionamento de uma série de atividades do comércio e afrouxa as medidas de isolamento preconizadas pelo governo estadual e pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

A decisão foi tomada após reunião do Comitê de Prevenção e Combate ao coronavírus em Araçoiaba da Serra, realizada na última segunda-feira no Paço Municipal. A administração municipal alega que, após análise das deliberações do Comitê Administrativo Extraordinário Covid-19 do Estado de São Paulo, constatou que “algumas atividades que estavam sob restrições poderiam ser liberadas, sem infringir as normas estabelecidas pelo governador”.

Segundo o chefe do Executivo, óticas, vendas de produtos de limpeza, oficinas e assistência técnica de eletroeletrônicos, comunicação e internet, poderão abrir. Já os estabelecimentos que já estavam autorizados a funcionar em sistema delivery e drive thru, tais como oficinas mecânicas, materiais de construção, autopeças e agropecuárias, ficaram autorizados realizar atendimento presencial.

Leia mais  Pedágio aumenta em seis praças da Região Metropolitana de Sorocaba

Conforme o novo decreto, ficam autorizados a reabrir os seguintes setores: agropecuária; material de construção, elétrico e hidráulico; ferramentas em geral; autopeças; moto peças; oficinas de autos e motos; oficinas e assistência técnica de eletroeletrônicos, eletrodomésticos, telecomunicações e informática; máquinas de jardinagem como de roçar grama e congêneres; óticas; restaurantes localizados à margem da rodovia Raposo Tavares (vedado o sistema self service) e comércio de produtos saneantes domissanitários.

Esses estabelecimentos, no entanto, ficam obrigados a disponibilizar aos clientes e colaboradores pia com água e sabão ou álcool 70%; manter distância de 1,5 metro entre clientes e colaboradores; realizar limpeza das superfícies de toque no início as atividades e após cada uso; manter portas e janelas abertas, independente da existência de ar-condicionado; controlar entrada de uma pessoa por família; organizar as filas de entradas dos estabelecimentos com marcas no solo com distância mínima de 1 metro entre pessoas; e uso de máscaras pelos atendentes. (Felipe Shikama)

Comentários