Sorocaba e Região

Alon Lavi, cônsul-geral de Israel visita o Cruzeiro do Sul

Após deixar o Cruzeiro, o cônsul se dirigiu à Prefeitura de Sorocaba, onde deu seguimento a sua agenda
Alon Lavi, cônsul-geral de Israel visita o Cruzeiro do Sul
Rabino Mário Moreno; pastor Luiz Carlos dos Santos; cônsul Alon Lavi; Ricardo Benitez Martins, do Conselho de Administração da FUA; capelão Ivan Telles; Marco Aurélio Laham Dottore, do Conselho de Administração da FUA; e Fred Brasil. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (22/9/2020)

Alon Lavi, cônsul-geral de Israel, visitou a Fundação Ubaldino do Amaral (FUA), nesta terça-feira (22). Durante a visita, Lavi conheceu as instalações do jornal Cruzeiro do Sul, a Grafisul e o Centro de Educação Continuada e Aperfeiçoamento Profissional (Cecap), mantidos pela FUA.

Assim, ele foi recebido por Marco Aurélio Laham Dottore e Ricardo Benitez Martins, do Conselho de Administração da FUA, e Luiz Antonio Zamuner, do Conselho Editorial do jornal.

Alon Lavi fala da relação entre Israel e Brasil

Durante a visita, que durou cerca de 45 minutos, ele destacou o bom momento diplomático nas relações entre Brasil e Israel.

“Estamos, na minha opinião, em um momento maravilhoso na relação entre os dois países. Temos uma relação de proximidade e de amizade entre o estado de Israel e o Brasil. Até a amizade entre os líderes do países, entre o nosso embaixador e o governo brasileiro”, diz.

“Podemos ver mais como essa proximidade está realizando, na maneira política, por exemplo, a postura do Brasil no mundo multilateral, situações sobre Israel e também na área bilateral, comercial, por exemplo. Podemos ver acordo entre os países que começam a ser realizados”, acrescenta.

Acordos são a base entre países

Sobre esses acordos, Alon Lavi afirma, contudo, que são base para a relação das duas nações e que são caminhos para se desenvolver parcerias. “São acordos de verdade, portanto, já podemos ver projetos concretos de empresas brasileiras e tecnologias israelenses trabalhando juntos”, comenta. O cônsul esteve acompanhado do rabino Mário Moreno e do presidente do Centro Cultural Brasil/Israel, Vanderlei Martinez.

Alon Lavi também comentou como foram suas impressões sobre a região de Sorocaba. “Muito interessante e impressionante”, afirmou.

“A região é muito bonita. Ver o verde, para mim, é muita alegria. Em Israel, 2/3 são um deserto.” De acordo com ele, aqui as pessoas são muito simpáticas, amigáveis e com mente aberta para parcerias. “Está sendo realmente um grande prazer”, continua. Por fim, o cônsul participou de uma entrevista transmitida pelas redes sociais do Cruzeiro do Sul. Ele também visitou a cidade Votorantim na mesma data.

Visita de Alon Lavi fortalece laços

Conforme Marco Aurélio Laham Dottore, a visita mostra, mais uma vez, a relevância e a importância da Fundação Ubaldino do Amaral. “Mostra a relevância que o jornal tem para o Estado de São Paulo e, principalmente, para o interior do Estado”, comenta.

“Foi uma visita surpreendente e serviu, sobretudo, para fortalecer os laços da Fundação e da cidade com Israel. É muito importante, portanto, que Sorocaba tenha esse contato, esse laço”, afirma. Dessa maneira, ele lembra que a visita serviu para tratativas futuras com relação a negócios e educação.

Após deixar o Cruzeiro, o cônsul se dirigiu, primeiramente, à Prefeitura de Sorocaba, de onde deu seguimento a sua agenda. (Marcel Scinocca)

Comentários