Sorocaba e Região

Alimentos arrecadados no Dia Nacional da Coleta são entregues a entidades

Seis toneladas de produtos beneficiarão 9.068 pessoas de Sorocaba e cidades da região
No total, 45 instituições de Sorocaba e cidades da região serão beneficiadas pela arrecadação. Crédito da foto: Nicole Bonentti (13/11/19)

 

Os alimentos arrecadados no Dia Nacional da Coleta (que ocorreu no sábado, 9), em seis supermercados da cidade, foram entregues às entidades selecionadas pelo projeto na manhã desta quarta-feira (13), na central do Banco de Alimentos de Sorocaba, na Ceagesp. Ao todo, foram coletadas seis toneladas de produtos que beneficiarão 9.068 pessoas, por intermédio de 45 instituições de Sorocaba e outras cidades da região.

 

Marcelo de Oliveira, voluntário do projeto promovido pela Companhia das Obras e representante da equipe de Sorocaba (coordenada pelo juiz de Direito aposentado José Antonio Colombo), conta que este é o 12º ano em que a coleta é realizada no Município, e que as expectativas sobre a arrecadação foram atingidas. No entanto, ele destaca que a crise econômica vivenciada pelo País também se reflete em ações como essa. “Em 2014, quando tudo estava em uma situação melhor, a cidade toda arrecadou oito toneladas. No ano passado arrecadamos sete toneladas. Este ano a arrecadação caiu um pouco, mas ela ainda é, sem dúvidas, um sucesso, ainda mais se você parar para refletir que mais de seis toneladas foram arrecadas em apenas um dia”, afirma.

Marcelo também acredita que os sorocabanos fazem com que a cidade se destaque nas arrecadações – que também acontecem em 60 cidades de todo o País – e que, segundo ele, fique em uma posição de ênfase todos os anos. “O que a gente percebe é que na cidade de Sorocaba existe uma gentileza muito grande em relação a esse gesto. A nossa posição sempre é de destaque. São 60 cidades participando e Sorocaba sempre fica em quarto ou quinto lugar, é impressionante”.

Este ano, 425 pessoas se voluntariaram para fazer parte da ação na cidade. Sobre o sentimento que leva as pessoas a se envolverem, Marcelo acredita que seja a satisfação pessoal. “Apesar de o gesto beneficiar outras pessoas, o maior beneficiado é você, que se sente muito bem em estar fazendo isso. Por isso que a gente consegue realizar um trabalho tão bonito”, se orgulha o representante.

Neste ano, 425 pessoas se voluntariaram para fazer parte da ação na cidade. Crédito da foto: Nicole Bonentti (13/11/19)

 

Como ser um voluntário?

A última parte da dinâmica do Dia Nacional de Coleta, que acontece anualmente, é a entrega das caixas com os alimentos para representantes das entidades. Estes, por sua vez, distribuem às famílias em situação de necessidade. Porém, engana-se quem pensa que o trabalho acaba por aqui. Marcelo conta que é justamente neste período que se iniciam os planos para a arrecadação do ano seguinte.

“A coleta não é preparada somente um mês antes do dia. A partir do momento que uma termina, nós já começamos a nos preparar para a próxima. Isso é feito mantendo o contato com as pessoas, mas não se trata só de networking, nós construímos uma relação de amizade”, diz.

Para ser parte do Dia Nacional da Coleta de Alimentos, que acontece no primeiro sábado do mês de novembro, em Sorocaba, basta que o interessado entre em contato com o projeto pelo telefone 15 3221-7083 ou página do Facebook.

Banco de alimentos Sorocaba

O Banco de Alimentos de Sorocaba é uma ONG que funciona há 14 anos no município como uma iniciativa do Sindicato dos Metalúrgicos, Centro Paula Souza e Ceagesp, arrecadando alimentos de supermercados e distribuidoras, e doando esses alimentos para entidades cadastradas de Sorocaba, Votorantim, Salto de Pirapora, Piedade, Araçoiaba da Serra, Iperó, Pilar do Sul e Mairinque.

Meire Elen Rodrigues é assistente social e representa o Banco de Alimentos na coordenação do projeto. Ela conta que o Dia da Arrecadação é diferente do trabalho realizado durante o ano pela ong, mas igualmente importante. “Diferente da arrecadação feita durante o ano (que é quando os supermercados doam produtos próximos ao prazo de vencimento e com embalagem danificada), nesse caso são arrecadados produtos de prateleira, comprados e doados por alguém que é cliente do mercado. É uma forma muito interessante de contribuir com a redução da fome, mas não mais trabalhando a questão do consumo consciente, mas sim da solidariedade”.

Segundo a assistente social, mensalmente são arrecadadas 25 toneladas de hortifrutis. Esses produtos são doados, em sua maioria, para as 80 entidades assistenciais cadastradas no Banco de Alimentos.

Para ser um doador do Banco de Alimentos de Sorocaba basta entrar em contato por email (bancodealimentos.servicosocial@gmail.com) e a equipe de funcionários e voluntários vai até o local para retirar os produtos. (Nicole Bonnenti)

 

 

Comentários