fbpx
Sorocaba e Região

Água parada e sujeira afetam praça Ferreira Braga, no Centro de Sorocaba

A desativação do espelho d’água também passou a ser problema, já que a fonte está com água parada
Água parada e sujeira afetam praça no Centro
Prefeitura diz que fará limpeza do local hoje e reativará o chafariz em março. Crédito da foto: Fábio Rogério

A falta de manutenção na praça Ferreira Braga, no Centro, conhecido também como largo do Rosário, tem incomodado pedestres que circulam pelo local com frequência e os artesãos que participam da Feira de Artesanato na praça. Além do mato alto, a desativação do espelho d’água também passou a ser problema, já que a fonte está com água parada e podem ser vistos lixo e folhas.

Segundo uma artesã, que pediu para não ser identificada, o espelho d’água, que estaria desativado desde dezembro, não possui sistema de escoamento. Por isso, devido à chuva de terça-feira, a água acabou ficando acumulada na fonte, que forma várias piscinas na praça. De acordo com ela, antes do fechamento, a fonte passava por manutenção frequentes. No entanto, após a desativação, os cuidados deixaram de ser realizados.

Assim como ela, a comerciante Clélia Aparecida de Paula Viana e o artesão Lucas Alberto Nomura de Mendonça disseram que estão apreensivos por ter que trabalhar na praça, uma vez que o local pode se tornar um criadouro do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika.

Leia mais  Vereadores de Votorantim vão recorrer contra eleição da Mesa Diretora

 

Outro problema apontado pelos pedestres e artesãos é o aparecimento de bichos. Ariovaldo de Mello, que passa frequentemente pela praça, e Clélia contam que já viram ratos circulando pelo local. “Há um tempo, houve um surto de ratos aqui por causa do mato”, afirma Clélia. Já Lucas diz que é comum ver baratas na praça.

A artesã que não quis ser identificada também afirma que moradores de rua estão dormindo dentro da fonte e, quando vão embora, deixam lixo espalhado pelo local. Além disso, segundo Lucas, eles urinam na praça e o mau cheiro incomoda bastante.

Por tudo isso, os artesãos têm medo que seus negócios sejam afetados e pedem que a Prefeitura tome providências o mais rápido possível.

Limpeza nesta quinta (14)

A Secretaria de Conservação, Serviços Públicos e Obras (Serpo) informou que um técnico fez uma vistoria no largo do Rosário. Segundo a Prefeitura, será realizada a limpeza nesta quinta-feira (14) e, na sequência, a manutenção do chafariz. A previsão é que o chafariz seja reativado na primeira quinzena de março. (Supervisão: Valdecir Rocha)

Comentários