Sorocaba e Região

Adolescentes fogem de abrigo em Boituva e são encontrados um dia depois

Grupo teria pedido ajuda em uma unidade da PM em Cerquilho, a cerca de 27 quilômetros do local da fuga
Fachada do abrigo do qual as crianças fugiram em Boituva. Crédito da foto: Reprodução / Google Street View

Cinco adolescentes fugiram de um abrigo municipal em Boituva, na Região Metropolitana de Sorocaba, na noite de domingo (18). Segundo a Polícia Civil, eles foram encontrados um dia depois, após pedirem ajuda em uma unidade da Polícia Militar em Cerquilho.

Conforme o registro da ocorrência, os assistidos da Casa Abrigo danificaram a cerca elétrica e pularam o muro para fugir. Ainda não se sabe se os jovens conseguiram desligar o circuito de segurança ou se a cerca estava sem funcionar.

Leia mais  Corpo encontrado em Boituva é de pedreiro que desapareceu em Sorocaba

 

O grupo, formado por quatro meninos e uma menina, foi sozinho até a base da PM em Cerquilho, a cerca de 27 quilômetros do local da fuga. Conforme a Polícia Civil, eles estavam com fome e pediram para voltar ao abrigo.

Segunda fuga

A Casa Abrigo já registrou outra fuga de assistidos em fevereiro deste ano. Na ocasião, uma menina de 12 anos morreu após ter 90% do corpo queimado em um incêndio.

O incêndio ocorreu na cozinha de uma chácara no bairro Jardim das Palmeiras. Crédito da foto: Divulgação

Ela fazia parte do grupo que fugiu do local e estava com outras três crianças em uma chácara da cidade. O local teria pegado fogo após o grupo tentar cozinhar no local.

Na época, uma sindicância chegou a ser aberta pela Prefeitura de Boituva para apurar as circunstâncias da fuga. Os assistidos foram ouvidos pelo Conselho Tutelar. A Polícia Civil investiga o caso.

Comentários