Sorocaba e Região

90% dos cadastros do Bem Morar precisam de correção

Os cidadãos que não possuem residência têm até o dia 31 de janeiro para se inscreverem no programa
Construções em área de interesse social têm registro gratuito
Crédito da foto: Aldo V. Silva (23/11/2011)

Mais de 25 mil pessoas deram início ao cadastramento no Programa Bem Morar, realizado pela Secretaria da Habitação e Regularização Fundiária (Sehab) de Sorocaba, destinado a famílias que não têm casa própria. Até agora, porém, somente cerca de sete mil foram finalizados e aguardam análise da equipe técnica da pasta.

Dos 1.378 cadastros já analisados, 90,2% deles foram devolvidos aos munícipes para correção e apenas 136 estavam de acordo com as normas do programa.

De acordo com a pasta, dos cadastros analisados e devolvidos, os principais problemas detectados foram a ausência de comprovante de estado civil, principalmente para os solteiros que devem anexar certidão de nascimento; a ausência de comprovante de residência em nome do interessado ou da companheira; a falta de dados sobre membros familiares com os seus respectivos dados e documentos.

Leia mais  Manchas chamam atenção de visitantes em lago no Campolim

Sobre os cadastros iniciados, mas que não foram concluídos, a Sehab informou que muitos interessados ainda não anexaram os documentos solicitados, o que não permite a conclusão da etapa e envio para análise técnica. “É de extrema importância preencher corretamente todos os campos obrigatórios para que o cadastro seja concluído”, destaca o secretário Sérgio Barreto.

Os cidadãos que não possuem residência têm até o dia 31 de janeiro para se inscreverem por meio do site do programa Bem Morar. Todos os interessados em se cadastrar devem informar os documentos pessoais dos integrantes da família (RG; CPF; comprovante de estado civil; comprovante de renda), além de anexar uma foto do comprovante de residência no nome do responsável familiar. Em caso de dúvidas, os interessados devem entrar em contato pelo telefone (15) 3212-7287.

Leia mais  Homem é preso em flagrante durante tentativa de furto no CEI-52

 

O principal objetivo do Programa Bem Morar é atualizar os dados da pasta sobre o déficit habitacional em Sorocaba. Os últimos dados são de uma relação entre as informações presentes no Plano Local de Habitação de Interesse Social (PLHIS), cadastramentos realizados em 2016 e atendimentos ocorridos nos últimos programas habitacionais, totalizando cerca de sete mil moradias.

Políticas públicas

Segundo a Sehab, o cadastro Bem Morar é uma ferramenta para aprimorar a análise e, consequentemente, direcionar a política de habitação no município. Questionada sobre o planejamento de novas moradias populares, a Sehab informou que “está desenvolvendo o Programa Habitar, que atua com incentivo à construção de unidades habitacionais em vazios urbanos da Prefeitura de Sorocaba”. Dentre os bairros que já estão em análise para integrar o programa, a pasta citou a Vila Barão, Nova Sorocaba, Jardim Moncayo e Altos do Itavuvu. (Larissa Pessoa)

Comentários