Educa Mais Educare

Prouni 2019: edital e cronograma foram divulgados para o segundo semestre

Estudantes que desejam cursar a graduação com bolsas de estudo ofertadas por meio do Programa Universidade para Todos (Prouni 2019) podem se preparar para o processo seletivo do segundo semestre de 2019.



 

Quem deseja cursar graduação com bolsas de estudo ofertadas por meio do Programa Universidade para Todos (Prouni 2019) deve ficar atento para o processo seletivo do segundo semestre de 2019. As inscrições acontecerão entre 11 e 14 de junho de 2019, até às 23h59 (horário de Brasília) do último dia, exclusivamente na página disponível na internet.

O edital do Prouni 2019 foi publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira (22), mas a quantidade de vagas ainda não foi divulgada. Podem se candidatar ao Prouni 2019 os estudantes que não sejam portadores de diploma de Ensino Superior e tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018. É necessário ter nota mínima de 450 pontos no exame, calculada a partir da média aritmética das avaliações, e pontuação acima de zero na redação.

Leia mais  60% dos jovens brasileiros defendem aumento de investimentos na ciência, diz Fiocruz

Os resultados da pré-seleção serão divulgados em 18 de junho (primeira chamada) e 02 de julho, segundo as regras do certame. Será necessário comparecer à respectiva Instituição de Ensino Superior (IES) para comprovar as informações prestadas no ato da inscrição e, eventualmente, participar de processo seletivo próprio da instituição, quando for o caso, nas seguintes datas:

Primeira chamada do Prouni 2019: entre 18 e 25 de junho

Segunda Chamada do Prouni 2019: entre 2 a 8 de julho

Prouni

Quase 2,5 milhões de estudantes já foram beneficiados desde a criação do Prouni, institucionalizado em 2005 pela Lei nº 11.096, segundo o Ministério da Educação (MEC). Do total, 69% das pessoas foram beneficiadas com bolsas integrais e 31% foram contempladas com descontos parciais, de 50%.

A concessão das bolsas acontece a partir de critérios de renda e os estudantes devem comprovar as informações concedidas na inscrição. Quem deseja estudar com bolsa de estudo, mas não se enquadra nos critérios de renda do programa do Governo Federal, pode obter descontos de até 70% em cursos de graduação (e pós-graduação) por meio de oportunidades disponibilizadas pelo Educa Mais Brasil, em parceria com o Cruzeiro do Sul.

Leia mais  Prazo para participar da lista de espera do ProUni termina nesta terça

 Agência Educa Mais Brasil

Comentários

CLASSICRUZEIRO