Educa Mais

Jovens e Adultos que não concluíram o Ensino Básico são 40% da população, segundo pesquisa

Cerca de 53,4 milhões de pessoas de 25 anos ou mais não concluíram o ensino fundamental



Foto: Educa Mais Brasil

Segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na semana passada, 53,4 milhões de pessoas com idade de 25 anos ou mais não concluíram o ensino fundamental. O número representa 40% da população. A estatística é preocupante mas é apenas um recorte de uma realidade mais ampla. Nada menos que 70,3 milhões de pessoas não chegaram a se formar no ensino médio, número correspondente a 52,6% da população.

Esses dados se referem ao ano de 2018 e implementam o suplemento de educação da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (Pnad Contínua), divulgados pelo IBGE, que analisou também o tempo de estudo. Em média, o brasileiro cumpre 9,3 anos de estudos, quando no mínimo são necessários 16 anos para completar todo o ciclo estudantil, até o ensino superior. Por gênero, foi identificada uma diferença. Em média, os homens estudam durante 9 anos. As mulheres, um pouco mais, 9,5 anos.

Leia mais  60% dos jovens brasileiros defendem aumento de investimentos na ciência, diz Fiocruz

Witalla Vitória de Jesus, 18 anos, está em busca da conclusão dos estudos pela modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA), no Colégio Delta. “Decidi voltar para ser alguém na vida. Tenho o sonho de fazer faculdade de direito, pois admiro a área”, afirma a estudante que parou de frequentar a escola quando estava no 9º ano e resolveu retornar porque tem o sonho de ser uma profissional qualificada.

“Preciso terminar os estudos, me profissionalizar para trabalhar, meu objetivo é esse. Penso em cursar medicina”, destaca Emily Daiane dos Santos, 18 anos, que interrompeu os estudos quando estava no 7º ano e hoje retomou pela modalidade EJA no Colégio Nossa Senhora de Lourdes.

Bolsas de estudo para EJA – Educação de Jovens e Adultos

As duas estudantes estão tendo a oportunidade de concluir a educação básica graças às bolsas de estudo concedidas pelo Educa Mais Brasil para a modalidade EJA – Educação Jovens e Adultos. No site do programa, parceiro do portal Cruzeiro do Sul é possível consultar as vagas disponíveis em cada cidade e se inscrever gratuitamente.

Leia mais  Google abre inscrições para bolsas em projeto de pesquisa

Agência Educa Mais Brasil

Comentários

CLASSICRUZEIRO