Educa Mais

Inscrições em programas de governo serão feitas em plataformas unificadas, diz MEC

Migração deve ser finalizada até o final do próximo ano
Crédito da Foto: Educa Mais Brasil

Inscrições em programas do Governo Federal deverão ser feitas em plataformas unificadas, segundo anúncio feito pelo Ministério da Educação (MEC) na última segunda-feira (29). A medida deve ser implantada até o final de 2020 e irá abranger iniciativas como o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES).

Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes destacou que o processamento das inscrições dos candidatos no Enem continuará sendo feito nos servidores do Inep.

“A diferença é a entrada. Hoje, temos login e senha para o candidato se inscrever nos exames do Inep. Esse login e senha vão passar a ser únicos para todo governo federal, mas o processamento das inscrições será feito nos servidores do Inep”, disse Lopes.

Leia mais  Enem 2019: falta pouco para a realização do exame

No entanto, as inscrições no Enem do próximo ano serão feitas por meio de login único, que já estará implementado. “Em 2020, o candidato poderá usar a senha do Enem para acessar o Sisu e fazer a inscrição”. Segundo o órgão, a ideia é que todos os serviços sejam acessados por uma mesma plataforma – o que inclui ainda serviços como o Denatran, Previdência e outros.

Enem Digital

A próxima edição do Exame terá mais novidades para os participantes. Isto por conta do projeto piloto Enem Digital já anunciado. Em 2020, a aplicação do Enem digital será opcional e caberá ao estudante escolher esta modalidade no ato da inscrição. A previsão é que 50 mil alunos realizem o Enem Digital, em 15 capitais brasileiras.

Comentários
Assuntos

CLASSICRUZEIRO