Presença

Presença: #TBT

José Rubens Bismara e a Rádio Cacique cumpriram extensa lista de serviços para comunicação e desenvolvimento da região
#TBT
Recebendo homenagem do Interact Clube em 1982. Crédito da foto: Arquivo JCS

Ele nos deixou na semana passada, aos 88 anos, mas já provoca muita saudade nos amigos, funcionários, clientes e principalmente na família. Natural de Tietê, José Rubens Bismara nasceu em 7 de maio de 1930, mas logo criança veio junto com seu pai, Orlando Bismara, fixar residência em Sorocaba. Ajudou seu pai a fundar a rádio Cacique AM, em 1951 — o embrião da rádio surgiu na rua Albertina do Nascimento, em Votorantim, até então um bairro de Sorocaba.

Leia mais  Presença: #TBT

 

Como expressões indígenas eram recorrentes entre os radialistas da época, inclusive no nome de outras rádios com nomes como Tupi e Tamoios, Cacique foi uma escolha natural para batizar o empreendimento. José Rubens era um jovem de pouco mais de 20 anos e cheio de sonhos.

Na emissora, apresentou programas de grande audiência por mais de seis décadas, como “Hora do titio”, “Jornal da cidade” e ‘‘Instante de fé”, que comandou até poucos dias antes de falecer. Uma das suas músicas prediletas é um hino de louvor, “Grandioso és Tu”, sempre executado na programação de seu programa.

Desde 1951, José Rubens Bismara e a Rádio Cacique cumpriram uma extensa lista de serviços para a comunicação e o desenvolvimento da região de Sorocaba. Bismara entrevistou milhares de personalidades e pessoas comuns, narrou os fatos do dia a dia e aqueles que impactaram e marcaram a sociedade. Seu nome assim vai estar sempre marcado na história das comunicações em nossa cidade.

Comentários