Presença

Presença: Festa junina on-line

Presença: Festa junina on-line
A linda Raphaela Pires se arrumou toda para brincar de festa junina com as amiguinhas pela internet. Crédito da foto: Arquivo Pessoal

O brasileiro não aceita ficar sem quermesse por nada neste mundo, sô! De forma on-line, as pessoas vêm mantendo a tradição.

As comidas típicas, como a canjica, o milho e o quentão, têm sido preparadas pelas famílias para continuar celebrando essa época, que uma das mais gostosas e divertidas do ano.

Faça como nossos leitores, envie sua foto para publicamos aqui. Nosso e-mail é manuel.garcia@jornalcruzeiro.com.br e nosso WhastApp (015) 9.96614-6935.

Presença: Festa junina on-line
As irmãs Sophia e Alice Rocha se divertindo com músicas juninas em casa. Crédito da foto: Arquivo Pessoal

Música boa

Festa junina sem uma boa música não é festa, não é mesmo? Para que você aproveite bem esse período tão especial, separamos uma lista com as cinco músicas mais tocadas em festas juninas. São clássicos que vão fazer da festa da sua casa um verdadeiro sucesso.

Pendure as bandeirinhas, prepare os quitutes e solte o som!

Leia mais  Presença: Novo normal

1 — “Asa branca” — Talvez a música nordestina mais importante da história, “Asa branca” é obrigatória nas festas juninas, principalmente na voz do Rei do Baião.
2 — “Isso aqui tá bom demais” — Discípulo do Gonzagão, Dominguinhos é outra voz primordial nas festas de São João. “Isso aqui tá bom demais” é a música perfeita para ditar o ritmo do arraial.
3 — “Frevo mulher” — Interpretada por vozes importantes da música nordestina, como Zé Ramalho, “Frevo mulher” é outra daquelas músicas que todo mundo sabe a letra. Na interpretação dos membros de “O grande encontro”, fica melhor ainda.
4– “Xote das meninas” — Talvez você não conheça esse clássico de Gonzagão por seu título, mas com certeza conhece pelo refrão: “Ela só quer, só pensa em namorar”.
5 — “Festa do interior” — Composta por Moraes Moreira e Abel Silva, a música fala precisamente sobre a festa de São João, onde “o que explodia era o amor”.

Comentários