fbpx
Outro Olhar

De pai para filho

Confira a coluna "Outro Olhar", do jornalista Carlos Araújo
De pai para filho
Crédito da foto: Arte Lucas Araújo

Carlos Araújo – carlos.araujo@jornalcruzeiro.com.br

Você cresceu rápido, não é mais criança e agora começa a entrar na idade adulta.

Antes de tudo, desejo que você seja muito feliz, mas que assim seja desde já. A gente tem que ser feliz a cada momento vivido. É no presente que conseguimos curtir as emoções.

O maior desafio da sua existência é ter que tomar grandes decisões com a pressão da urgência. Coisa que exigiria um amadurecimento que você ainda não pode ter porque este é um processo que só será atingido a longo prazo. E as decisões que você tomar agora vão determinar toda a trajetória da sua vida. O risco de errar é enorme. E ainda bem que a chance de acerto também é grande.

A sorte é que algumas bases para a vida estão consolidadas e uma delas é a necessidade de dedicação prioritária ao aprendizado nas instituições de ensino. Estude sempre, com a energia de quem se apega a uma tábua de salvação. Curta com prazer cada dia na sala de aula, cada lição do professor, cada novo livro. A educação é uma janela aberta para o mundo e a base de sustentação para a sua existência.

Saiba que o aprendizado não está somente na escola e o ensino também pode vir de alguém sem a qualificação específica. Olhe ao redor e veja quanta sabedoria de vida existe no morador de rua, no presidiário, no médico, no engenheiro, no advogado, no empresário, no desempregado. Um enfermeiro pode transmitir conhecimentos que ajudam a prevenir doenças. E um desconhecido pode lhe estender a mão na hora que você mais precisa.

Não ignore jamais as pessoas, do mendigo ao doutor, do desgraçado ao milionário, do infeliz ao apaixonado. Pense que se há muita gente ruim, capaz de lhe causar ameaça e dor, em compensação você vai deparar com criaturas generosas, capazes de tirar a própria roupa para vestir o outro, e essas pessoas podem livrá-lo do abismo em momentos difíceis da vida.

Nunca dê um passo sem saber que tudo tem consequência. O fenômeno da ação e reação vale para os acertos, mas tem um peso cruel nos erros e nas atitudes equivocadas. Transar sem camisinha, render-se às drogas, dirigir em alta velocidade, desrespeitar a mulher, ser indiferente ao sofrimento humano, tudo isso pode causar efeitos físicos e emocionais desastrosos para você mesmo.

Não seja presunçoso. Não há motivo para se parecer com super-herói — ninguém é. Ser um bom homem não significa ter a capacidade de demonstrar realizações extraordinárias, de ser celebridade ou ser rico e poderoso. Não esqueça que muitos privilegiados com essas características entram para a história como vilões.

A capacidade de ser homem de verdade está nas questões mais básicas como ser honesto, ganhar a vida com o suor do seu rosto e fazer o bem sempre que possível. Não queira parecer quem você não é, não deseje fazer coisas sem o preparo necessário, não tome decisões só para agradar aos outros e leve em conta que você é o protagonista do seu destino.

Leia mais  A mulher da sala de espera

 

Não seja ansioso demais. Alguma ansiedade é natural. Mas você fica estressado com a urgência de ser um sucesso, ser referência para os amigos, ser alvo de admiração social. Tenha cuidado com essas ambições, elas podem ser frustrantes. A aprendizagem não é um processo exato, mecânico, calculista. E os resultados obtidos por outros devem ser vistos como parâmetros, não são garantias de que você atingirá o mesmo nível. As condições materiais e intelectuais são diferentes entre os indivíduos e essa diversificação faz com que o tempo de vitória ou de derrota nunca seja igual.

Também não pense que você é imortal. Habitualmente os jovens se acham imbatíveis e vivem como se criassem em torno de si uma blindagem de aço. Acreditam — doce ilusão — que a fragilidade é uma condição restrita à infância e à velhice. Para se render a uma postura mais humilde, basta lembrar que o cemitério recebe todos os dias caixões de todos os tamanhos.

Por isso, cuide da saúde como quem cuida de uma joia rara e preciosa. A saúde é o seu bem maior. Curta a família e os amigos.

Apesar dos riscos, não tenha medo de viver. O mundo é perigoso por natureza e essa condição faz dele um mistério que vale a pena ser desvendado.

Não seja jamais intolerante, aprenda a conviver com as diferenças e tenha sensibilidade com os fracos e abatidos pelas privações.

Namore muito: as mulheres são pura poesia, desabrocham como a rosa, refletem a beleza da obra de arte, tornam o mundo respirável e fazem a vida valer a pena.

Agora, venha me dar um abraço.

Comentários