Editorial

Nova unidade do Politécnico

A nova unidade do Alto da Boa Vista seguirá o mesmo método e sistema adotados no Colégio Politécnico

O Colégio Politécnico de Sorocaba, um dos braços da Fundação Ubaldino do Amaral (FUA), é reconhecidamente uma iniciativa de absoluto sucesso no campo educacional de Sorocaba.

O colégio conta com duas décadas de existência, já formou mais de 8 mil alunos e consolidou o conceito de oferecer ensino de qualidade desde os primeiros dias de atividade.

O Politécnico foi fundado em 12 de fevereiro de 1999 pelo então presidente da Diretoria-Executiva da FUA, o advogado Tiberany Ferraz dos Santos, entusiasta da educação, com objetivo de atender à histórica vocação filantrópica e educacional da FUA e da Loja Maçônica Perseverança III.

Instalado desde o início das atividades em prédio próprio à rua Barão de Cotegipe, no bairro do Mangal, o colégio oferecia inicialmente classes de ensino fundamental, médio e profissionalizante.

Posteriormente, e já com um excelente conceito na cidade, expandiu suas atividades para educação infantil. A instituição de ensino iniciou suas atividades com 12 salas de aulas e com o tempo esse número foi praticamente dobrou, ocupando cinco andares do prédio.

Leia mais  As redes sociais e o cancelamento

O aumento do interesse da comunidade em matricular seus filhos nessa instituição e as limitações físicas de suas instalações — possui atualmente cerca de mil alunos — levaram a direção da Fundação Ubaldino do Amaral a pesquisar uma maneira de oferecer mais vagas para atender os interessados.

E a saída foi a mais natural, aproveitar parte de área que a própria entidade tem no Alto da Boa Vista, onde também funciona o jornal Cruzeiro do Sul, do qual a FUA também é mantenedora, para acomodar a nova unidade da instituição de ensino.

Surgiu assim a ideia de criar a unidade Alto da Boa Vista, em área localizada junto ao novo centro administrativo da cidade, uma região de crescimento acelerado e escolhida para a implantação de vários condomínios residenciais.

A nova unidade tem localização privilegiada, em frente à Prefeitura de Sorocaba e Câmara de Vereadores, próximo aos fóruns Cível, Criminal e Trabalhista da cidade, à sede local do Tribunal de Contas e da Receita Federal e no acesso à zona industrial de Sorocaba.

Leia mais  Crueldade e maus-tratos contra animais

Ocupando uma grande área e com facilidades para embarque e desembarque seguro dos estudantes, não poderia haver local melhor para atender aquela região da cidade.

O Colégio vai ocupar parte das instalações da FUA que hoje encontram-se ociosas e as obras de adaptação já começaram, assim como já surgiram dezenas de pais interessados em matricular seus filhos.

A unidade do Alto da Boa Vista foi planejada pelo arquiteto José Gustavo Barreiros e conta com 40 salas de aulas, refeitório, pátio coberto, parquinho infantil, campo de futebol society, quadra poliesportiva e anfiteatro, aproveitando de maneira inteligente o espaço existente na sede da FUA.

De acordo como o arquiteto, as salas da nova unidade terão 50 metros quadrados, iluminação e ventilação natural. O acesso para o colégio será feito pelo estacionamento externo do jornal, um local seguro para embarque e desembarque dos estudantes.

Leia mais  Pai e filho sorocabanos correm rali no sul do país pela primeira vez juntos

As obras serão realizadas em duas etapas. Inicialmente serão implantadas nove salas de aulas convencionais, dois laboratórios de informática e um espaço especial para atender as crianças de educação infantil e espaço para atividades recreativas.

Essa etapa da obra será suficiente para atender os novos alunos de educação infantil e ensino fundamental já no início do próximo ano letivo. Com isso poderão ser matriculados na nova unidade 500 novos alunos. A segunda fase, mais complexa, deverá ficar pronta até o final do ano que vem.

A partir daí, serão aceitos também alunos do ensino médio e a capacidade da nova unidade subirá para 2 mil estudantes, o dobro da capacidade da primeira unidade do Colégio Politécnico, que funciona à rua Barão de Cotegipe.

A nova unidade do Alto da Boa Vista seguirá o mesmo método e sistema adotados no Colégio Politécnico que o projetaram como uma das melhores instituições de ensino de Sorocaba.

Comentários