Do leitor

Do Facebook

Velórios ganham transmissão on-line em razão da pandemia

Perdi meu pai paro o vírus no começo de abril e não pudemos fazer o velório, foi muito triste. Não acho um horror. Gostaria de ter feito o velório para nos despedir. Tenho a sensação que ele não se foi e ainda está no hospital porque não pudemos nos despedir.
ANDRESSA AGUIRRA

Perdi um irmão no final de março e pudemos contar com essa nova tecnologia, os parentes de longe puderam se despedir dele. Como os velórios estão com tempo de apenas duas horas, e somente podem ficar 10 pessoas, achei muito boa a iniciativa da Ossel.
ELIETE BUENO DE OLIVEIRA

Doria enviará proposta para antecipar feriado de 9 de julho para 25 de maio

O cara comenta que quando tem feriado e final de semana, o isolamento diminui, por que vai antecipar os feriados? Não dá pra entender!
ELISA SCHATZER

Leia mais  Fora de Sintonia

Decreta lockdown e toque de recolher de uma vez, somente dessa forma vai conseguir segurar o povo na casa, tem que ir ao extremo, para podermos voltar o mais próximo do quase normal.
CRIS PERES

Protocolo de ‘lockdown’ existe em SP, mas não será adotado já, diz Doria

Tem protocolo nada! Não tem planejamento algum! Igual à palhaçada que estão fazendo com o trânsito, cada hora uma palhaçada diferente, fazem tudo sem planejamento algum! Aí vem falar de protocolo? Nos poupe! Se tivessem pensado em algo sério desde janeiro, já teriam implementado esse tal protocolo desde março!
FERNANDA ARCHILLA JARDINI

Acho, sinceramente, que ficamos no meio do caminho. Havia em março duas possibilidades: o isolamento (sério e comprometido); ou a manutenção de tudo como estava — livre –, com o custo da saúde e a busca da imunização “natural”, repito, seria custoso em termos humanitários. Não fizemos nem um, nem outro. Estamos numa espécie de “achatamento elástico” da tal curva, cansados do isolamento e nos limites finais dos recursos financeiros. Difícil definir, a esta altura, a forma de tratar a moléstia.
LUIZ FRANCISCO

Comentários