Do leitor

Aumento abusivo

Sérgio Reze comenta reajuste da energia elétrica

Qualquer aumento além dos limites dos nossos bolsos é abusivo, inaceitável e deve ser combatido pela sociedade. Por isso, fez muito bem este jornal, em sua edição de sexta-feira passada (dia 19), no editorial “Um abusivo aumento nada filosófico” em questionar o aumento da energia elétrica, anunciado pela CPFL Piratininga, ao redor de 20% para o setor industrial e quase 19% para o setor residencial.

Um argumento, porém, precisa ser acrescentado: O rombo nas contas das distribuidoras de energia teve início em 2013, quando a então presidente Dilma impôs de forma irresponsável a Medida Provisória 579, que diminuiu artificialmente o preço das tarifas de energia elétrica e criou um rombo no setor de proporções absurdas. Porém esse fato não pode ser usado, cinco anos depois, como justificativa para penalidades contra o cidadão, trabalhador ou empresário, como é esse aumento no preço que vamos pagar pela energia elétrica agora comunicado.

Como empresário, e representante de setor produtivo como é o comércio sorocabano, defendo a qualidade na prestação do serviço a um preço justo. A CPFL Piratininga está longe de atender aos seus consumidores na qualidade correspondente ao preço que está sendo pago. Basta ver o quanto sofremos com qualquer mudança no tempo, com qualquer chuvinha, ficando três, quatro horas sem energia. Por isso é ainda mais inaceitável que nós tenhamos de pagar o abusivo aumento anunciado agora para a conta de cada sorocabano. É preciso transparência na apresentação desses números e respeito aos nossos bolsos.

Sérgio Reze – presidente da Associação Comercial de Sorocaba

Ônibus do Homem

Para a grande maioria da população sorocabana a única opção urológica é o Ônibus Azul. Quero destacar o trabalho dos funcionários e médicos que atendem. Fazem um trabalho digno para quem precisa de atendimento. Os responsáveis por esse programa devem dar mais atenção a esse atendimento e com muita dedicação, porque os funcionários e médicos fazem um trabalho além do que estão designados para todos nós que passamos por consultas e exames. Agradeço de coração a todos que com tão pouco recurso se empenham tanto.

Robson Vilela

Comentários
Assuntos