Do leitor

Águas de Araçoiaba

A Águas de Araçoiaba, que fornece água de qualidade duvidosa, alvo de apuração pelo Ministério Público (MP), como noticiou o Cruzeiro do Sul em 18/10/2020, e também pratica tarifas abusivas, trocou o hidrômetro de minha casa, sem necessidade, pois o anterior sempre funcionou corretamente, ou seja, só registrava água mesmo. Este novo, porém, já veio programado, não para de girar, me obrigando a fechar o registro na maior parte do dia e a noite toda, sob pena de ter de pagar mais por consumo irreal e inexistente.
Reclamei várias vezes à empresa, que abriu vários protocolos e insistiu no envio de foto e até vídeo do hidrômetro, como se isso fosse possível para testar o hidrômetro. Mas enviei, e a resposta foi que a minha projeção de consumo triplicou com o novo hidrômetro! De repente, então, só pela troca, de um dia para outro passei a gastar o triplo de água, só que o meu hábito de consumo não mudou nada!
Por que ela não troca os hidrômetros instalados dentro dos imóveis, e só aqueles instalados na calçada, abertos e com livre acesso, como o meu? Por fim, essa empresa me cobrou mais R$ 23, como conserto de cavalete, mesmo sendo o problema no registro, instalado antes do hidrômetro (de responsabilidade da empresa), que estava travado. O MP e a prefeitura de Araçoiaba da Serra poderiam apurar essas práticas abusivas dessa empresa. Grata.
WALKIRIA BENEGAS MANOEL

Leia mais  Vacinação

Resposta: Sr. Editor
Em atenção à carta da sra. Walquíria Benegas Manoel, a concessionária Águas de Araçoiaba esclarece que a consumidora teve seu hidrômetro substituído em setembro/2020, em razão do equipamento anterior ter mais de 17 anos de fabricação, o que pode ser comprovado na numeração do aparelho Y03S509337 e mencionada nas contas emitidas por esta concessionária. De acordo com o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), há a exigência da manutenção e troca do equipamento em intervalos não superiores a sete anos. Com relação aos hidrômetros dentro dos imóveis, esta concessionária também faz a substituição, em todas as propriedades com equipamentos antigos e/ou danificados. Quanto ao conserto de cavalete, o serviço foi executado, não havendo nenhuma irregularidade no lançamento da cobrança na fatura da consumidora.
A água produzida e distribuída por esta concessionária passa por rigorosos procedimentos de controle, portanto, atende aos padrões de potabilidade para consumo humano, fixados pelos órgãos de controle de vigilância da água, conforme já demonstrado ao MP.
ANDREIA PADILHA – COORDENADORA COMERCIAL
NERLI PERES – A.I. ÁGUAS DE ARAÇOIABA

Comentários