fbpx
Artigos

Presépio e Natal

Dom Julio Endi Akamine

Visitei, há poucos dias, a Exposição Franciscana de Presépios internacionais montada na Igreja Bom Jesus dos Aflitos de Sorocaba. Nestes dias que antecedem o Natal, vemos as nossas igrejas, nossas casas e ruas enfeitadas com luzes e símbolos natalinos. Um dos símbolos cristãos mais bonitos e significativos de natal é o presépio. Por quê? Para quê o presépio?

O que os evangelhos narram pela palavra, o presépio representa através das imagens dos anjos, dos animais, dos reis magos, de Jesus, de Maria e de José. A Bíblia proclama em palavras o fato admirável do nascimento de Jesus; o presépio coloca diante de nossos olhos a proclamação do mistério da encarnação.

Mais do que um símbolo natalino entre outros, o presépio é um sacramental que nos ajuda a “guardar e meditar no coração” (cf. Lc 2,19) o que Deus fez para nos salvar. Diante do presépio somos evangelizados e interpelados a responder ao Deus que vem ao nosso encontro. Olhando para o presépio tomamos consciência de que Deus está muito próximo: Ele nos acompanha, nos ama, nos deseja e nos espera.

Leia mais  A felicidade de chorar

Para que o presépio ajude a viver bem o Natal, gostaria de propor a você algumas indicações práticas.

1. Monte o presépio em lugar adequado. Em casa ou em lugares públicos, o presépio deve ser de fácil visualização. É significativo quando seu lugar se torna mais importante, por exemplo, do que a televisão ou o computador.

2. Envolva a família, principalmente os filhos, na sua montagem. Além de incentivar a criatividade e o senso da beleza, a montagem do presépio é uma preciosa oportunidade de revisitar com a mente e o coração os evangelhos. Usar as mãos, compor a cena, imaginar as ações e os sentimentos, olhar as imagens são ações que ajudam a nos aproximar mais cordialmente do mistério da noite luminosa em que os céus e a terra trocam os seus dons.

3. Monte o presépio no início do advento. A montagem pode seguir também o ritmo do advento e do natal: a imagem do menino Jesus seja colocada na noite de natal e as imagens dos reis, no dia da epifania. Essa “sintonia” da disposição das peças com a celebração litúrgica ajudará a uma participação mais consciente, atenta e frutuosa das mesmas celebrações.

Leia mais  As dificuldades das mulheres em exercer uma posição de liderança no Brasil

4. Reze em família diante do presépio. Dedique tempo para agradecer o dom que Deus faz de Si mesmo a nós, para reconhecer que Ele nos ama, para louvar as maravilhas que Ele realiza em nosso favor. Pela oração oferecemos nosso coração ao Filho que Se entregou para nossa salvação. A oração é indispensável para que possamos passar do visível do presépio para o invisível da encarnação, do significante das imagens para o significado salvador do Deus feito carne, dos “sacramentos” para os “mistérios” (cf. Cat.Ig.Cat. 1075).

Meu irmão, minha irmã, boa preparação de advento, e desde já bom natal. Que nossos presépios nos unam ao canto que o céu e a terra entoam na noite suave e santa de Deus: glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens de boa vontade!

Leia mais  Virgílio portátil

Dom Julio Endi Akamine é arcebispo metropolitano da Arquidiocese de Sorocaba.

Comentários