Artigos

Pacto com Sorocaba e com as próximas gerações

Confira o artigo de Dom Julio Endi Akamine, arcebispo metropolitano da Arquidiocese de Sorocaba
Obras do BRT impactam arborização de vias em Sorocaba
Trecho da avenida General Carneiro, em Sorocaba. Crédito da foto: Emídio Marques (4/9/2019)

Dom Julio Endi Akamine

Muita polêmica têm suscitado as discussões sobre queimadas na Floresta Amazônica e, em um círculo menor, sobre o Sínodo Especial da Amazônia. Neste artigo gostaria de convidar as pessoas de boa vontade a voltar a sua atenção para uma necessidade mais próxima de nós, mas que tem também relação com a preservação do meio ambiente: a necessidade de fazer um pacto com Sorocaba e com as próximas gerações para entregar-lhes uma cidade mais limpa, justa, humana e misericordiosa.

Concretamente como podemos fazer isso? Aponto algumas poucas atitudes que podem favorecer esse pacto com as próximas gerações.

1. Mudar nosso estilo de vida. Atualmente vivemos um estilo esbanjador e socialmente injusto. Essa voracidade consumista tem como causa principal a falta de uma espiritualidade autêntica e libertadora. Com efeito, quanto mais vazio está o coração da pessoa, tanto mais ela necessita de objetos para comprar, para possuir e para consumir. Além de perdulário, o coração vazio é incapaz de aceitar limites. Com o coração vazio de Deus e anestesiado pelo consumismo não conseguiremos sequer reconhecer que haja um verdadeiro bem comum a ser promovido.

Leia mais  ‘Não amarás’ no Cine Reflexão da Fundec

Ter um estilo de vida mais sóbrio e austero não somente ajudará a evitar os fenômenos climáticos, mas também as terríveis catástrofes sociais que estão por vir se nada fizermos agora. Com efeito, a busca de um estilo de vida mais sóbrio visa à superação da situação injusta do mundo de hoje em que “uns vinte por cento da população mundial consomem recursos numa medida tal que roubam às nações pobres, e às gerações futuras, aquilo de que necessitam para sobreviver” (Laudato sì, 95).

2. Amar mais as pessoas e cultivar a simplicidade de vida. A espiritualidade cristã propõe uma forma alternativa de entender a qualidade de vida, encorajando um estilo de vida profético e contemplativo, capaz de gerar profunda alegria sem estar obcecado pelo consumo.

A sobriedade, vivida livre e conscientemente, é libertadora. Não se trata de menos vida, nem de vida de baixa qualidade; é precisamente o contrário! Com efeito, as pessoas que saboreiam mais e vivem melhor cada momento são aquelas que experimentam o que significa ter apreço pelas pessoas, aprendem a se familiarizar com as coisas mais simples e sabem se alegrar com elas.

Leia mais  A imagem vale mil palavras

3. Rezar mais. Nós sabemos pela fé que é possível necessitar de pouco e viver muito, sobretudo quando se é capaz de dar espaço a outros prazeres, encontrando satisfação nos encontros fraternos, no serviço aos mais necessitados, no cultivo dos próprios talentos, na música e na arte, no contato com a natureza, na oração. A felicidade exige saber limitar algumas necessidades que nos entorpecem, permanecendo assim disponíveis para as múltiplas possibilidades que a vida oferece.

4. Paz interior. Ninguém pode amadurecer numa sobriedade feliz, se não estiver em paz consigo mesmo. A paz interior das pessoas tem muito a ver com o cuidado da ecologia e com o bem comum. Autenticamente vivida, a paz interior se reflete em um equilibrado estilo de vida aliado com a capacidade de admiração que leva à profundidade da vida.

Leia mais  Artroscopia

A natureza está cheia de palavras de amor; mas, como poderemos ouvi-las no meio do ruído constante, da distração permanente e ansiosa, ou do culto da notoriedade? Muitas pessoas experimentam um desequilíbrio profundo, que as impele a fazer as coisas a toda a velocidade para se sentirem ocupadas, numa pressa constante que, por sua vez, as leva a atropelar tudo o que têm ao seu redor. Isto tem incidência no modo como se trata o ambiente (Laudato sì, 225).

Dom Julio Endi Akamine é arcebispo metropolitano da Arquidiocese de Sorocaba.

Comentários

CLASSICRUZEIRO