Artigos

Orgulho para todos nós

Artigo escrito por Sérgio Antonio Reze, presidente da Associação Comercial de Sorocaba (Acso)

Sérgio Antonio Reze

Ao longo da minha vida tenho sido chamado para falar sobre o que é sucesso, em razão da minha trajetória profissional (desde que assumi a empresa fundada pelo meu pai, a concessionária de veículos que leva o nome dele), e também pelo trabalho em entidades como Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), Assobrav (Associação Brasileira dos Distribuidores Volkswagen), Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, conhecido por Conselhão do governo federal, Instituto Atlântico, Instituto Defenda Sorocaba e agora na Associação Comercial de Sorocaba.

O que tenho dito ao longo desses anos, fico muito feliz em perceber isso na efeméride pela passagem da criação da Fundação Ubaldino do Amaral (FUA), é que o sucesso é o fruto da doação do seu trabalho a quem mais precisa. É a filantropia. É a atividade silenciosa que muda a vida dos mais necessitados.

E tudo isso é o que vem sendo praticado pela FUA, desde que foi criada em 31 de julho de 1964, com o aval de 21 membros* da Loja Maçônica Perseverança III, se tornando importante organismo de nossa cidade, dando assistência ao Lar Escola Monteiro Lobato de Sorocaba, Liga Sorocabana de Combate ao Câncer, Vila dos Velhinhos e Associação Protetora dos Insanos, sem contar suas ações efetivas à frente do Colégio Politécnico de Sorocaba e a comunicação, através do Jornal Cruzeiro do Sul nas mídias impressa e digital.

Fiquei orgulhoso com a abordagem dada na transmissão ao vivo pelo Facebook do Jornal Cruzeiro do Sul, depois reproduzida no jornal impresso, com Laelso Rodrigues, atual presidente da Loja Maçônica Perseverança III e o mais menino dos 21 instituidores de 1964, o único vivo nos dias de hoje com 88 anos de idade. Não se tratou de enaltecer a sua pessoa, pois ele nunca precisou e nem precisa ser enaltecido em nada, mas de dar transparência a um trabalho de formiguinha que tantos frutos estão resultando à sociedade sorocabana ao longo das últimas décadas.

Esse trabalho começou há 151 anos na Loja Maçônica Perseverança III na luta pela Proclamação da República, na liderança do Movimento Abolicionista e na criação da primeira escola noturna de Sorocaba (me lembro daquela que havia na Rua Barão do Rio Branco, no centro da cidade).

Sorocaba tem o orgulho de ser uma das poucas cidades do Brasil ainda a ter um jornal impresso de qualidade, trazendo diariamente informações de qualidade, o que é um bem precioso em meio à avalanche de fake news que assola o mundo, em particular o Brasil.

Eu tenho orgulho de que a minha cidade, aquela que acolheu meu pai que um dia teve de emigrar do Líbano, tenha entre as lideranças uma pessoa como Laelso Rodrigues. Coube a ele, nos anos 60, junto do então prefeito Armando Pannunzio, planejar e colocar em prática a Zona Industrial de nossa cidade, criando uma política pública de incentivos e atrativos para indústrias, que hoje são o eixo da nossa economia. Uma pessoa de visão, cuja habilidade o torna tão especial entre todos os sorocabanos, os aqui nascidos e os que aqui escolheram para investir e criar sua família.

Tive a oportunidade de ser chamado por homens importantes de nosso país para contribuir na construção de nossa nação, fiz reuniões e mais reuniões com presidentes da República, com primeiras-damas, com governadores, prefeitos e ministros. E posso dizer, o sucesso passa pelo voluntariado, pela filantropia, pela doação do tempo para a construção de uma sociedade mais justa, em especial para os que mais precisam. E nos dias de hoje, Laelso Rodrigues é o melhor símbolo disso tudo.

Conhecendo o semeador que ele é, sei que os frutos plantados por Laelso garantirão a continuidade dessa ideia de trabalho focado na educação dos mais necessitados, pensando numa sociedade mais justa, capaz de crescer sem penduricalhos do dinheiro público. Seu exemplo Laelso, é um orgulho para todos nós.

*1 Adail Odin de Arruda; 2 Adonias Nobrega de Almeida; 3 Antonio Antunes de Almeida; 4 Antonio Novais; 5 Benedito de Freitas Dias; 6 Domingos Puglia Neto; 7 Francisco Sócrates de Oliveira Camargo; 8 Hélio da Silva Freitas; 9 Irineu Camargo Almeida; 10 José Aleixo Irmão; 11 Juarez Antonio Dal Pian; 12 Juvenal Wey; 13 Laelso Rodrigues; 14 Levy Godoy; 15 Luiz Garcia Duarte; 16 – Martim Affonso; 17 Milton Rodrigues; 18 – Nelson Guilherme Guimarães Glória; 19 Olival Wey Pires do Amaral; 20 – Paulo Breda Filho; 21 Paulo Pence Pereira.

Sérgio Antonio Reze é presidente da Associação Comercial de Sorocaba (Acso).

Comentários