Artigos

O que é um Marco Zero de uma cidade e onde fica?

Artigo escrito por José Antonio Ribas e Nilo Nunes

José A. Ribas e Nilo Nunes

Você sabia que as cidades possuem um marco zero”? Pois é. Mas, o que é um marco zero?

Os significados de marco: baliza, fronteira, demarcação, limite. Também pode ser coluna, pirâmide, cilindro em granito ou mármore, para assinalar um local ou acontecimento. Pode ser um acidente natural qualquer, que sirva de demarcação, por exemplo: uma nascente, um rio, uma ilha, um morro, uma exuberante árvore, uma cachoeira etc.

Marco zero de uma localidade ou de um município é o “sítio originário”. Seria o “ponto de origem” do local, o espaço onde foram realizados os eventuais encontros ou celebrações que antecederam a organização da localidade, independentemente das motivações. Há diversos tipos de marcos como o Quilométrico — pequeno poste ou estaca colocados à margem de rodovias e ferrovias e que indica distância ao ponto inicial da estrada; o Batimétrico — indica a profundidade de um ponto num lago, represa, rio, estuário ou mar e o Pré-histórico — as cavernas que eram usadas pelos homens primitivos, para se abrigarem do frio e dos animais. Os primeiros marcos da humanidade foram os locais de sepultamento, “uma cova coberta com monte de pedras”.

O primeiro marco do Brasil está relacionado com sua descoberta em 1500, quando as caravelas de Cabral avistaram um “grande monte”, que o chamaram de Monte Pascal, onde foi levantada uma cruz e celebrada a primeira missa. Este foi considerado conceitualmente o marco zero do País.

Leia mais  Fevereiro Roxo alerta para três doenças crônicas

Em algumas cidades brasileiras o marco zero é a primeira edificação construída, seja uma fortificação ou uma simples capela.

A cidade de Sorocaba foi fundada em 1654 pelo Capitão Baltazar Fernandes. Quando chegou a Sorocaba fixou residência com sua família e cerca de 400 escravos e fundaram o povoado denominado de Vila Nossa Senhora da Ponte de Sorocaba, onde construíram a primeira edificação, a Capela de Nossa Senhora da Ponte, conhecida hoje como Mosteiro de São Bento. Um monumento com o busto de Baltazar Fernandes foi inaugurado no local em 1954.

Existem vários marcos importantes na cidade. Um dos principais é o marco geográfico, localizado na Praça Frei Baraúna, que marca a posição de Sorocaba no mundo, com coordenadas: 23°59’57” latitude sul e 47º27’25” longitude oeste, numa altitude média de 600 metros acima do nível do mar. A praça está localizada na região central da cidade e foi inaugurada em 1889 e em 1948 foi inaugurado nela o Obelisco em homenagem aos pracinhas, soldados brasileiros que participaram da Campanha da Itália (1944-1945) durante a II Guerra Mundial (1939-1945). Atualmente, diversas comemorações cívicas são realizadas em frente ao Obelisco.

Sorocaba possui outros marcos, como, o que aponta a passagem do Trópico de Capricórnio localizado na Rodovia José Ermírio de Moraes; o marco instalado em frente à escola estadual Professor Salvador Ortega Fernandes na zona norte da cidade, também palco de comemorações cívicas; o monumento “Marco” da Paz, instalado no Parque Carlos Alberto de Souza, no bairro Campolim, entre outros. Na cidade ainda existem vários outros pontos como casarões antigos e o museu localizado dentro das dependências do Parque Municipal Quinzinho de Barros (Zoológico de Sorocaba), que também representam marcos históricos.

Leia mais  Qual foi o melhor presidente?

Acreditamos que o local onde se localiza o Mosteiro de São Bento, na região central da cidade, deveria ser intitulado oficialmente como o marco zero da cidade, pois lá que foi construída a primeira edificação da cidade, em 15 de agosto 1564, caracterizando o “ponto de origem” da cidade, onde tudo começou.

José Antonio Ribas é professor na Etec Professor Elias Miguel Junior e aluno especial do mestrado em Ciências Ambientais da Unesp-Sorocaba (jose.a.ribas@gmail.com).

Nilo Nunes é arquiteto e urbanista, mestrando em Ciências Ambientais pela Unesp-Sorocaba (nilo.nunes@uol.com.br)

Comentários