fbpx
Motor

Vendas da Ranger crescem em outubro

As 2.333 unidades da Ranger emplacadas no mês são também o maior volume desde dezembro de 2017
Vendas da Ranger crescem em outubro
A participação da picape atingiu 20,9% das vendas do segmento. Crédito da foto: Divulgação

A Ford Ranger registrou em outubro a maior participação de mercado dos últimos três anos, com 20,9% das vendas do segmento de picapes médias. Esse número representa um crescimento de mais de 5 pontos porcentuais desde o lançamento da nova linha 2020, em julho, trazendo vários aprimoramentos e equipamentos inéditos na categoria.

As 2.333 unidades da Ranger emplacadas no mês são também o maior volume desde dezembro de 2017. Outro dado que reflete o sucesso da picape da Ford é o crescimento das versões topo de linha, que agora respondem por 52% das vendas um avanço de 7,5 pontos porcentuais. Considerando a faixa topo de linha, a Ranger é vice-líder do mercado com a versão Limited. Já nas picapes intermediárias, a Ranger manteve a liderança absoluta com mais de 30% de participação no ano, com o modelo 2.2 XLS.

Leia mais  Pergunta sem resposta

Onix Plus terá recall

Vendas da Ranger crescem em outubro
Casos de incêndio teriam relação com falha em software. Crédito da foto: Divulgação

A General Motors decidiu suspender as entregas do Chevrolet Onix Plus, seu mais novo lançamento, depois de alguns casos de incêndio no sedã compacto. Um comunicado interno foi distribuído aos concessionários suspendendo a entrega do modelo e admitiu, pela primeira vez, que o fogo pode ser provocado por uma falha no projeto. Inicialmente falava-se que os incêndios — há dois casos conhecidos — teriam sido provocados por problemas no software, mas agora se fala em um problema mais sério, mas ainda não confirmado: o surgimento de trinca no bloco do motor.

O modelo, que foi lançado há pouco mais de um mês, vai passar por um procedimento de recall devido a risco de incêndio. O Onix Plus já é um dos carros mais vendidos do Brasil e a grande novidade é seu motor 1.0 turbo, que deixou o carro com muita potência e bastante econômico. O carro chegou há pouco à rede de concessionários e já é um sucesso de vendas. Está vendendo tanto quanto o Chevrolet Prisma, que durante muito tempo foi o sedã compacto mais vendido do país. Apesar do comunicado distribuído aos concessionários, o fabricante ainda anunciou oficialmente o recall, o que deverá acontecer em breve.

Leia mais  Salão Duas Rodas abre as portas ao público nesta terça-feira

Penske compra a Fórmula Indy

Vendas da Ranger crescem em outubro
O Grupo Penske comprou também o autódromo de Indianápolis. Crédito da foto: AFP

Roger Penske, dono de uma das escuderias que mais venceu na história da Fórmula Indy e apadrinhou vários pilotos brasileiros nas últimas décadas, anunciou nesta semana que uma de suas empresas, a Penske Entertainment adquiriu os direitos da Fórmula Indy e o tradicionalíssimo autódromo de Indianápolis, onde é realizada a prova de 500 milhas. Tanto a Fórmula Indy como o autódromo pertenciam à família Hulman que investiu no automobilismo após a Segunda guerra Mundial. Com isso, Penske se tornará o quarto proprietário do circuito de Indianápolis. A Fórmula Indy, que já teve dias melhores no passado, está recuperando seu prestígio, tanto em interesse público como em audiência nas transmissões de TV, embora os norte-americanos prefiram as corridas da Nascar.

Comentários