Motor

Mercedes mostra carro inspirado no filme Avatar

O Vision AVTR é um exercício de design e utilização de novos materiais
Todos os controles do veículo são acionados de maneira intuitiva. Crédito da foto: AFP

Salões de automóveis são os locais onde as marcas mostram seus protótipos mais mirabolantes, num exercício para captar a reação do público sobre certas modernidades, tanto de design como nos propulsores. O Consumer Eletronics Show (CES), realizado em Las Vegas no início do ano, é daqueles eventos que foram criados para mostrar novas tecnologias e a cada ano atraem mais montadoras que encontram ali o ambiente ideal para expor novidades tecnológicas.

Várias marcas expuseram seus modelos este ano, mas talvez o mais radical foi o Vision AVTR da Mercedes-Benz que dá uma ideia de como poderão ser os carros em um futuro não muito distante. O carro-conceito foi inspirado no filme Avatar.

O nome do inovador veículo conceito representa não apenas a estreita colaboração no desenvolvimento do veículo com a equipe Avatar mas, também, a Transformação Avançada de Veículos, presente nos iniciais em Inglês de Advanved Vehicle Transformation.

Leia mais  A evolução da nova RAM 2500
Os visitantes se impressionaram com o visual do modelo. Crédito da foto: AFP

Controle intuitivo

Os designers de UX (User Experience) da Mercedes-Benz moldam a relação entre homem e máquina e vice-versa. O foco está em oferecer operações mais simples e intuitiva aos usuários. O Mercedes-Benz Vision AVTR já responde à abordagem dos passageiros visualizando o fluxo de energia e informação do ambiente com neurônios digitais que fluem através da grade a partir das rodas para a área traseira.

A primeira interação entre o homem e o veículo ocorre de maneira totalmente intuitiva por meio da unidade de controle: ao colocar a mão no console central, o interior ganha vida e o veículo reconhece o motorista pela respiração.

A conexão visual entre passageiros e o mundo exterior é criada pelo módulo de exibição curvo, que substitui um painel convencional. O mundo exterior ao redor do veículo e a área circundante são mostrados em gráficos 3D em tempo real e, ao mesmo tempo, mostram o que está acontecendo na estrada diante do veículo.

Leia mais  Aplicativos de rotas ainda erram feio
Modelo atraiu a atenção dos frequentadores da maior feira de tecnologia da atualidade. Crédito da foto: AFP

Combinadas com linhas de energia, essas imagens detalhadas em tempo real dão vida ao interior e permitem que os passageiros descubram e interajam com o meio ambiente de maneira natural, com diferentes vistas do mundo exterior.

O Vision AVTR impressiona com uma superfície prateada, além dos detalhes luminosos azulados, como na máscara frontal típica do EQ. Os designers usaram os woodprites, as sementes da Árvore das Almas da AVATAR, como inspiração para o design das rodas, que incorporam a inteligência da natureza.

Grandes áreas, como a concha traseira do banco e o céu, são decoradas com um tecido que muda de cor, inspirado no mundo das cores do mar. Dependendo da luz, o tecido muda de cor de azul escuro para um sutil azul claro. O veículo não possui botões ou interruptores visíveis, as funções são projetadas no corpo ou na mão do condutor ou do passageiro – um novo nível de fusão homem-máquina.

Leia mais  Carros autônomos Aptiv fizeram 100 mil viagens

A tecnologia só é visível quando o motorista realmente precisa e deseja uitlizá-lo. Em resumo, o Vision AVTR é um grande exercício de criatividade. (Da Redação)

Comentários