Motor

Ford lança a Ranger 2020 carregada de tecnologia e com cabine dupla

Marca retira versão com motor flex. Versão com cabine simples terá tração 4X4 e motor diesel, mas só por encomenda
Ford lança a Ranger 2020 carregada de tecnologia
A Ford Ranger 2020 dá um show de tecnologia. Ela traz uma série de assistências inéditas. Crédito da foto: Divulgação

A Ford apresentou em Mendoza, Argentina, a picape Ranger 2020, que chega carregada de novas tecnologias e mais equipamentos. Visualmente ocorreram modificações na parte frontal. Apesar das novidades, a marca decidiu manter o mesmo preço do modelo 2019. Entre as novidades, a picape fabricada em General Pacheco, no país vizinho, estão o sistema de frenagem autônoma com detecção de pedestres, o reconhecimento de sinais de trânsito e os faróis baixos de xênon com luzes diurnas de LED. Piloto automático adaptativo e sistema de permanência em faixa também continuam a ser itens exclusivos da Ranger.

As mudanças no visual estão na parte frontal, o que inclui a grade, o para-choque, faróis principais e de neblina redesenhados e nova pintura na roda de 18 polegadas, além do acabamento e materiais na cabine. Na parte de engenharia, a picape ganhou uma nova suspensão que melhora a dirigibilidade e o conforto tanto no asfalto como fora de estrada, entre outros aprimoramentos. Outra novidade é a tampa da caçamba com assistente de abertura e fechamento, que reduz de 12 kg para 3 kg o peso equivalente na sua movimentação.

Leia mais  Ford antecipa os lançamentos do Salão do Automóvel

 

Dois motores

Ford lança a Ranger 2020 carregada de tecnologia
A Ranger agora só será vendida nos concessionários com cabine dupla e motor a diesel. Crédito da foto: Divulgação

A Ranger 2020 não tem mais versões com motores flex. O modelo será vendido com dois motores diesel da família Duratorq, o 3,2 de cinco cilindros com 200 cv, e o 2,2 litros de 160 cv. Toda a família já vem com o Advance Trac de série, que é composto por controle eletrônico de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, controle automático de descida, assistência de frenagem de emergência, luzes de emergência em frenagens bruscas, controle de oscilação de reboque e os exclusivos sistema anticapotamento e controle adaptativo de carga, além de diferencial traseiro blocante eletrônico. A picape tem capacidade de imersão de 800 mm e de reboque de 3,5 toneladas são outros atributos do veículo. A Ranger é a única em seu segmento que oferece cinco anos de garantia.

Versões

A versão de entrada, a 2.2 XLS agora vem com ar-condicionado digital de duas zonas, central multimídia SYNC 3 com tela de 8 polegadas, painel configurável com duas telas de 4,2 polegadas e novos faróis de neblina. Tem ainda sete airbags, câmera de ré e rodas de liga leve de 17 polegadas. Ela parte de R$128.250 na versão 4×2 automática, e oferece também as opções de tração 4×4 com transmissão manual (R$147.520) ou automática (R$154.610).

Leia mais  Fechamento da Ford em São Bernardo é reflexo da realidade

 

A versão XLT 3.2, com tração 4×4 e transmissão automática, conserva o preço de R$176.420. Além de bancos de couro, ela acrescenta itens como sensor de chuva, monitoramento individual de pressão dos pneus, faróis automáticos, estribos plataforma e detalhes cromados.

Ford lança a Ranger 2020 carregada de tecnologia
A picape tem muito bom desempenho em terrenos acidentados. Crédito da foto: Divulgação

Já a versão de topo 3.2 Limited passa a vir com faróis baixos de xênon com luz diurna de LED, farol alto automático, sistema de acesso sem chave e botão de partida Ford Power, tampa traseira com travamento elétrico e rodas de 18 polegadas com acabamento exclusivo. Pelo preço inalterado de R$188.990, ela introduz também sistema autônomo de frenagem com detecção de pedestres, reconhecimento de sinais de trânsito e monitoramento individual de pressão dos pneus, continuando a oferecer ainda itens como piloto automático adaptativo, sistema de permanência em faixa e sistema de personalização da luz ambiente com sete cores.

Todas as versões disponíveis nos concessionários têm cabine dupla. A Ford só vai vender a picape Ranger com cabine simples apenas para frotistas e empresas, mas essa versão só verá vendida com motor diesel e tração 4X4.

Muita tecnologia

A Ranger 2020 traz uma série de recursos que facilitam a vida do motorista. Um deles é o assistente autônomo de frenagem com detecção de pedestres funciona em velocidades de 5 km/h a 80 km/h, com o auxílio de duas câmeras e um radar. Ao identificar um veículo parado ou pedestre à frente, ele emite um alerta para o motorista e prepara os freios para uma frenagem rápida. Se o motorista não realizar nenhuma ação, ele aciona os freios automaticamente para evitar ou reduzir os danos de uma colisão.

Ford lança a Ranger 2020 carregada de tecnologia
A Ford Ranger é, certamente, a picape que oferece mais tecnologia. Traz inclusive assistente autônomo de frenagem. Crédito da foto: Divulgação

O sistema de reconhecimento de sinais de trânsito usa as mesmas câmeras para rastrear as placas na pista, alertando o motorista sobre os limites de velocidade. O objetivo dos dois sistemas é proporcionar uma direção mais segura e tranquila.

Leia mais  Ford apresenta a Ranger Black

 

A linha ganhou uma nova cor, azul Belize, e dispõe de outras seis opções: vermelho Bari, branco Ártico, prata Geada, vermelho Toscana, preto Gales e cinza Moscou, sendo esta última a cor de lançamento global.

História de sucesso

Ford lança a Ranger 2020 carregada de tecnologia
Todas as versões são vendidas somente com cabine dupla. Crédito da foto: Divulgação

A picape ranger chegou à América do Sul em 1994, importada dos Estados Unidos e em 1997 começou a ser produzida na Argentina. De lá para cá já vendeu mais de 400 mil unidades na região sendo cerca de 285 mil da nova geração global, lançada em 2012. Em 2018, foi a segunda picape média mais vendida na região.

Leia mais  Ford cria casinha com tecnologia antirruído

A Ford, por sinal, anunciou que deixará de produzir sedãs e se dedicará exclusivamente à produção de picapes e utilitários esportivos. Em 2018 vendeu mais de um milhão de picapes em todo o mundo e há 42 anos é líder de mercado nos Estados Unidos vendendo picapes. A F-150 é a mais longeva campeã de vendas. Há quem diga que esta será a última reestilização da Ranger. O próximo produto deverá ser a picape desenvolvida em conjunto com a Volkswagen que, para a América do Sul, também será produzida em General Pacheco. (Adalberto Vieira)

Comentários