Motor

Ford apresenta o Cobra elétrico

Ford apresenta o Cobra elétrico
O dragster tem mais de 1.400 cv de potência. Crédito da foto: Divulgação

Ele não tem um ronco que agride os ouvidos nem usa uma gota de combustível, mas foi projetado para “destruir” nas corridas de quarto de milha, com mais de 1.400 cv de potência e mais de 152 kgfm de torque instantâneo. Pela primeira vez na história, a Ford Performance criou um dragster Mustang Cobra Jet de fábrica com propulsão totalmente elétrica.

Alimentado por bateria, o protótipo Mustang Cobra Jet 1400 foi especialmente projetado para corridas de arrancada, com tempo na faixa de 8 segundos e velocidade de mais de 270 km/h, mostrando o que um trem de força elétrico é capaz de entregar em um dos ambientes mais exigentes de competição.

Depois da estreia do SUV Ford Mustang Mach-E o primeiro Mustang totalmente elétrico , o protótipo Mustang Cobra Jet 1400 é outra oportunidade de avançar na tradição e desempenho da linha, incorporando algumas das tecnologias mais avançadas dos futuros sistemas de propulsão da Ford.

Leia mais  Ford apresenta Ranger Thunder

O dragster também homenageia o Cobra Jet original, que dominou as provas de arrancada no final da década de 1960.

“Esse projeto foi um desafio para todos nós na Ford Performance, um desafio que gostamos de enfrentar”, diz Mark Rushbrook, diretor global da Ford Performance Motorsports.

A equipe continua a testar o Cobra Jet 1400 antes da sua estreia mundial ainda este ano, numa prova de arrancada onde os fãs poderão ver o que ele é capaz de fazer no asfalto.

Para otimizar o projeto, a Ford Performance se juntou a vários fornecedores especializados, como a MLe Racecars (projeto, construção, integração e calibração de veículos), Watson Engineering (suporte e desenvolvimento de chassi e gaiolas de proteção), AEM EV (software, controles e calibração de motor) e Cascadia (fornecedora de inversores e motores). (Da Redação)

Comentários
Leia mais  Alaskan e Landtrek agitam mercado de picapes médias