Motor

Fiat lança série especial Dolcevita do ícone “Cinquecento”

Fiat 500 é o carro mais vendido do Grupo FCA há 2 anos e também é o chefe da família que leva seu nome - os modelos 500, 500X e 500L
Fiat lança série especial Dolcevita do ícone “Cinquecento”
O modelo é vendido com carrocerias hatchback e conversível. Crédito da foto: Divulgação

A Fiat esta comemorando neste mês de julho o aniversário do “Cinquecento”, seu subcompacto lançado em 1957, e que se tornou ícone da marca, uma obra-prima italiana. Para marcar a data, a Fiat está lançando a edição especial Dolcevita — uma referência à cinematografia italiana, mais especificamente à obra antológica de Federico Fellini — que incorpora os valores do Italian Glamour e do estilo de vida que começou naqueles anos, envolvendo moda, design e arte e a estética do dia a dia, sabores, imaginação e prazer, ingredientes da identidade e do encanto da Itália, dos quais o 500 é um dos símbolos mais famosos do mundo. O aniversário é ainda mais emocionante porque este ano coincide com o 120º da marca Fiat, um marco que apenas alguns fabricantes de automóveis no mundo podem alcançar.

O novo Fiat 500 Dolcevita está expandindo a coleção de mais de 30 edições especiais lançadas nos últimos 12 anos. Todos eles são carros exclusivos provenientes da colaboração do Centro de Estilo Fiat com marcas icônicas dos mundos da moda, da navegação de luxo, da tecnologia e patrimônio, só para citar alguns, feitos para explorar territórios incomuns para um carro urbano.

Leia mais  Conceito italiano S-Design chega ao Brasil com a picape Fiat Toro 2020

 

Criador de tendências

Fiat lança série especial Dolcevita do ícone “Cinquecento”
O 500 Dolcevita expande a coleção de mais de 30 edições especiais criadas ao longo dos últimos 12 anos. Crédito da foto: Divulgação

Seguro de sua vocação de criador de tendências, o Fiat 500 recentemente deu outro salto adiante com a introdução de atualizações importantes, como as duas novas versões top de linha Star e Rockstar. Em suma, chega para consolidar o sucesso de um modelo que no ano passado, em seu décimo primeiro ano de vida, obteve seus melhores resultados ano a ano com quase 194 mil novos registros (total de Fiat 500 e Abarth 595). Vale destacar que atualmente o Fiat 500 é o modelo mais vendido do Grupo FCA há dois anos, além de líder do segmento de carros urbanos na Europa. O Fiat 500 também gerou uma família inteira com seu nome, que consiste no 500, o 500X e o 500L, que alcançaram a marca de três milhões de unidades vendidas na Europa.

Leia mais  Fiat Centoventi, um elétrico que pode ser configurado pelo dono

 

 

Elegância refinada

A nova edição especial do 500 Dolcevita é para clientes que buscam de exclusividade a elegância. Os mesmos valores estão subjacentes ao estilo italiano mais autêntico que no imaginário coletivo, incorporado pelos anos “Dolce Vita”. A elegância é reafirmada pela insígnia cromada cursiva “Dolcevita” na traseira que complementa perfeitamente a moldagem cromada do capô, as também cromadas tampas do espelho e a moldagem lateral com a etiqueta “500”. O visual é complementado por elegantes rodas de liga leve de 16 polegadas com acabamento diamantado e teto de vidro Skydome na versão hatchback.

Fiat lança série especial Dolcevita do ícone “Cinquecento”
A série especial traz o logo Dolcevita na traseira. Crédito da foto: Divulgação

A versão conversível do 500 Dolcevita merece uma menção especial. Pela primeira vez na história do modelo, ele é equipado com um teto de listras horizontais branca e azul e com o logo ‘500‘ bordado em vermelho inspirado nas espreguiçadeiras e guarda-sóis da Riviera Italiana dos anos sessenta. Este ano também é comemorado o décimo aniversário do 500 conversível, expressando a abordagem ‘livre e emocional‘ do automobilismo. Lançado em 2009, o irresistível 500C é uma homenagem ao carro com teto aberto de 1957, mas também apresenta soluções de última geração, especialmente a inovadora capota de lona.

A mesma elegância requintada que acena para o mundo do barco a vela caracteriza os interiores do 500 Dolcevita com o seu painel de madeira e linha de beleza contrastante. O compartimento de passageiros é a combinação perfeita e tornou-se ainda mais exclusivo com os novos assentos de couro em cor marfim, com o emblema “500” bordado em tons vermelhos e uma parte central inspirada em vime. O esquema de cores de marfim é espelhado nas bordas das esteiras.

Leia mais  Fiat Argo se rende ao estilo aventureiro

 

Disponível em duas configurações, hatchback e conversível, a gama de motores da edição especial do 500 Dolcevita inclui o propulsor de 69 cv de 1,2 l com a transmissão automática ou manual Dualogic, o Twin Air de 85 cv com 0,9 l e o LPG de 69 cv e 1,2 l (os dois últimos com transmissão manual).

Modelo não é mais vendido no Brasil

Fiat lança série especial Dolcevita do ícone “Cinquecento”
O Fiat 500 teve ao longo dos anos 30 edições especiais. Crédito da foto: Divulgação

A Fiat não vende mais o Cinquecento no Brasil, nem há previsão do retorno do modelo. O carrinho chegou em grande estilo em 2009, primeiramente fabricado na Europa e, na sequência, com modelos produzidos no México. Foram lançadas várias versões do modelo, incluindo a esportiva e apimentada Abarth. O carro chegou a usar o motor flex do Uno e câmbio Duallogic como opcional.

O último esforço comercial da marca com o 500 ocorreu em 2017, com veículos importados do México. Só foram importados modelos na versão Cult com motor 1.4 Evo Flex com câmbio manual e preço salgado: o modelo era oferecido por mais de R$ 61 mil. A fábrica do México é a mesma que fornece o subcompacto para o mercado norte-americano. Nas últimas remessas a oferta do modelo foi enxuta, sem modelos conversíveis ou com câmbio automático convencional. O motor da última versão rendia 88 cv de potência e 12,5 kgfm de torque, sempre com câmbio manual de cinco velocidades. (Da Redação, com informações do fabricante)

Comentários