fbpx
Motor

Exposição traz 60 motocicletas clássicas para Sorocaba

Estarão expostas motocicletas fabricadas entre os anos 1920 e 1980
Exposição traz 60 motos clássicas para Sorocaba
Francisco Ramos e Fabrício Frejat são os organizadores da exposição. Crédito da foto: Divulgação

 

Para os amantes de motocicletas antigas e aqueles que desejam conhecer modelos de motos do passado, Sorocaba sediará, neste fim de semana, sábado (19) e domingo (20), das 9h às 18h, o evento “Expo Museu Sorocabano de Duas Rodas”.

A exposição contará com cerca de 60 modelos de motos, dos anos 1920 e 1980, além de algumas bicicletas antigas. Segundo os organizadores do evento e líderes do Clube de Moto “Desafiando os Limites”, Francisco Ramos e Fabrício Frejat, esta é a quinta edição a reunir diversos modelos de motocicletas raras na cidade.

Os dois, apaixonados pelos veículos de duas rodas desde a adolescência, mantinham contato com colecionadores dos modelos antigos e decidiram reunir essas raridades em um único espaço para serem prestigiadas pelo público.

“É uma volta ao passado, com nacionalidades diversas”, comentou Frejat, lembrando que não precisa ser entendedor de motos para visitar o espaço. A criação do Clube da Moto ocorreu há cerca de 11 anos, quando os dois líderes viram a necessidade de mostrar para a cidade as raridades que estavam escondidas entre os colecionadores.

Leia mais  Motocicletas de entrada da Honda ganham novas cores

 

Entre as raridades, haverá uma moto do mesmo modelo da usada por Che Guevara quando este percorreu a América Latina, a motocicleta britânica Norton 500. O encontro terá, além dos motores, praça de alimentação e o chamado “mercado de pulgas”, com venda de peças e equipamentos antigos de alguns modelos de motocicletas.

A entrada é um litro de leite ou um quilo de alimento não perecível, que serão doados à Vila dos Velhinhos. O evento será realizado nas dependências da escola Artec, localizada na avenida Comendador Pereira Inácio, 775, Jardim Vergueiro. (Aline Albuquerque – Programa de estágio / Supervisão Adalberto Vieira)

Comentários