Motor

Cobalt tem consumidores fiéis entre taxistas e motoristas de aplicativos

O médio-compacto da Chevrolet oferece amplo espaço interno, mecânica simples e bom porta-malas
Cobalt tem consumidores fieis entre taxistas e motoristas de aplicativos
O Chevrolet Cobalt oferece muito espaço e uma recheada lista de itens de série. Crédito da foto: Divulgação

A Chevrolet está lançando a linha 2020 do Cobalt. O carro passa a ser ofertado nas versões de maior apelo comercial: LT e LTZ, que se destacam pela boa relação custo-benefício, com uma boa oferta de itens de série e mecânica robusta.

Leia mais  Chevrolet Spin passa por face-lift e ganha visual mais atualizado

O Cobalt faz parte de um segmento relativamente novo no mercado automobilístico brasileiro que é o de sedãs compactos “grandes” ou “médio-compactos”, embora o nome contenha uma contradição. Assim como o Fiat Grand Siena, o Cobalt se caracteriza por não derivar de um veículo hatch compacto e por oferecer amplo espaço interno e porta-malas generoso. Na medida certa para frotistas, taxistas e, mais recentemente, motoristas por aplicativos.

Cobalt tem consumidores fieis entre taxistas e motoristas de aplicativos
O interior tem acabamento honesto e traz o sistema multimídia MyLink. Crédito da foto: Divulgação

Enquanto a configuração LT do Cobalt atende perfeitamente um cliente que busca um sedã médio-compacto completo e acessível, com amplo espaço interno para ocupantes e bagagens, o modelo LTZ foca no consumidor que procura, além disso, por mais sofisticação e conectividade total. O modelo é ofertado em duas opções de motorização (1.4 e 1.8) e duas de transmissão (manual ou automática), ambas de seis marchas. Por enquanto a Chevrolet só divulgou o preço sugerido do Cobalt LTZ 1.8 AT: R$ 75.790. O preço da configuração manual será disponibilizada em breve.

Leia mais  Chevrolet Camaro: a evolução do Muscle Car

 

Destaque para o multimídia MyLink com Android Auto e Apple CarPlay, além do sistema de telemática avançada OnStar, com serviços inovadores de segurança e proteção patrimonial. “O Cobalt conta com reconhecida reputação no mercado entre diversos públicos, como taxistas, PcD, além de empresas, frotistas e clientes corporativos, que costumam optar por um veículo que ofereça maior valor agregado”, explica Rafael L. Santos, diretor de Vendas da GM.

Cobalt tem consumidores fieis entre taxistas e motoristas de aplicativos
O porta-malas é generoso, acomoda 563 litros de bagagem. Crédito da foto: Divulgação

Cerca de três quartos dos emplacamentos do Cobalt destinam-se a estes públicos. Na categoria, o sedã médio-compacto da Chevrolet também se diferencia pela maior autonomia e pelo porta-malas com capacidade de 563 litros. Direção com assistência elétrica, ar-condicionado, retrovisores com ajuste elétrico, travas e vidros com abertura e fechamento automático pela chave, alerta de baixa pressão dos pneus, ajuste de altura para bancos e volante, lanterna de neblina e painel com velocímetro digital são alguns dos itens de série do veículo. (Da Redação com informações do fabricante)

Leia mais  Chevrolet prepara o novo Onix Sedan ainda camuflado

Comentários