SOROCABA E REGIÃO

Ônibus voltam a circular após paralisação


Os dois terminais de ônibus de Sorocaba foram reabertos às 8h desta sexta-feira (10), mesmo horário em que os veículos começaram a deixar as garagens das empresas STU e Consor. O transporte coletivo está sendo retomado após paralisação dos motoristas, que teve início à 0h.
 

Segundo previsão da Urbes, o serviço deveria ser normalizado aos passageiros entre 9h e 9h30. No terminal Santo Antônio, pouco mais de 30 pessoas aguardavam para entrar em frente as catracas, na entrada principal, e não houve tumulto. 

Os terminais  amanheceram vazios e fechados por conta da paralisação do setor de transportes em geral. Com isso, muitos sorocabanos que dependem do transporte coletivo para se locomover tiveram que acordar mais cedo e enfrentar o frio da madrugada para chegar ao seu destino. 


Foi o caso do vigilante Alex Sandro Ribeiro, 41 anos, que andou cerca de uma hora e meia do bairro Paineiras até o Terminal Santo Antônio para pegar o ônibus fretado da empresa até a cidade de São Roque, onde ele trabalha. Alex disse que geralmente pega o ônibus próximo à casa dele no bairro e vai até o terminal, mas nesta manhã teve que ir a pé por conta da paralisação.


Já a doméstica Sidneia de Barros, 51 anos, chegou ao terminal e ficou surpresa pelo fato do local estar fechado e vazio. Ela disse que não sabia da paralisação e que por causa disso vai chegar atrasada ao trabalho, já que pretende esperar os ônibus voltarem a circular. "Estava muito frio cedo e se eu soubesse que não ia ter ônibus cedo teria ficado dormindo até mais tarde", reclama.


Terminais amanheceram fechados - FÁBIO ROGÉRIO Terminais amanheceram fechados - FÁBIO ROGÉRIO


Essa paralisação afetou as regiões de Sorocaba, São Roque, Itapetininga e Itapeva. A Urbes - Trânsito e Transportes criou uma Equipe de Alerta que atuou em regime de plantão durante toda a paralisação do transporte coletivo, anunciada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Sorocaba e Região. Formada por gerentes e diretores da Urbes, a equipe acompanha toda a movimentação nos terminais Santo Antônio e São Paulo, bem como as Áreas de Transferência e o todo o fluxo viário da cidade.
 
Foram designados também 98 agentes de trânsito que atuarão nas vias públicas garantindo a fluidez do trânsito na cidade nesse período, além de 40 viaturas que darão apoio ao trânsito e à fiscalização do transporte durante o período de paralisação. A central semafórica operará também em esquema diferenciado para dar fluidez às vias. Já os agentes que trabalham no CCO Trânsito (Centro de Controle Operacional) auxiliarão no monitoramento através das câmeras instaladas na cidade.
 
A Urbes disponibiliza à população o telefone 118, atendendo as demandas da área de trânsito e do transporte coletivo.