SOROCABA E REGIÃO

PM impede execução de irmãos mantidos em cárcere por facção


A Polícia Militar (PM) teria impedido a execução de dois homens que eram mantidos em cárcere privado por membros de uma facção criminosa no bairro Paineiras em Sorocaba. O caso teria ocorrido na noite de sábado (7) e resultou em cinco pessoas detidas.

De acordo com a PM, a corporação recebeu denúncia de que dois homens eram mantidos em um barraco no bairro. Ao notar a presença dos oficiais do 1º pelotão da Força Tática, os indivíduos teriam tentado fugir. Um dos suspeitos, inclusive, teria estourado a parede de madeira de um barraco durante a fuga, mas acabou detido.

A PM relata ter constatado que dois irmãos foram amarrados por membros de uma facção criminosa, que estariam prontos para a execução dos rapazes, uma vez que um buraco, que seria uma cova, foi cavado nos fundos do barraco. De acordo com a polícia, as vítimas relataram que estavam em cárcere há cerca de 24 horas, sendo agredidos e ameaçados com arma de fogo. Os irmãos teriam alegado que foram confundidos com membros de outra facção criminosa e que estariam sendo "julgados pelo tribunal do crime" e que provavelmente seriam executados.

Segundo a PM, foram detidos quatro homens, sendo um deles procurado pela Justiça, e uma mulher também procurada. Ainda na ocorrência foi apreendida uma arma de fogo. De acordo com a PM, pela delegacia, os criminosos foram autuados por tentativa de homicídio, cárcere privado, porte ilegal de arma e formação de quadrilha, tendo permanecido à disposição da Justiça.