ARTIGOS

Antes de tudo levante os olhos


Geraldo Bonadio

"Levante os olhos!" Com esse comando, simples, direto, de fácil e rápida execução, um voluntário aumentou, de forma considerável, no CVV com o qual coopera, o número de casos em que pessoas à beira do suicídio desistem de tirar a própria vida.

Expondo o fato, o cardiologista Nelson Spritzer, pioneiro da Programação Neuro Linguística no Brasil, conta que o voluntário se deu conta de que, ao levantar os olhos, o interlocutor desesperado quebra o diálogo interno de autocondenação e abre espaço para uma conversa sobre o seu caso.

Quando o filho chega em casa cabisbaixo, a mãe percebe, sem que ele diga uma palavra a respeito, que naquele dia, na escola, alguma coisa não correu bem. Se você, numa rua qualquer, descobre no sujeito maltrapilho, sujo e com a barba por fazer, um amigo que sempre se esmerou na limpeza e nos cuidados pessoais intui que a vida dele está desabando.

"Um deprimido digno do título costuma andar olhando para baixo" -- anota Spritzer, em "Pensamento e mudança", seu livro mais conhecido. E o que vale para uma pessoa, vale para um grupo todo. Ao discorrer sobre um momento triste da vida do país, Chico Buarque registra: "a minha gente hoje anda / falando pro lado e olhando pro chão".

Nos dias tormentosos e complicados, você pode melhorar as coisas de fora para dentro, soerguendo os ombros, trocando a camisa que usa desde anteontem por uma outra, limpa, dando um trato na aparência e, antes de tudo, levantando os olhos.

Para os seguidores de Jesus, esse gesto tem um sentido adicional: o de buscar a ajuda do Eterno. Se, em algum momento do dia, se sentir "em baixa", levante os olhos. Com isso, interromperá o fluxo de ideias ruins e exprimirá, física e silenciosamente, sua confiança no auxílio divino que, com toda certeza, não tardará em chegar.

"Levanto os meus olhos para os montes e pergunto: De onde vem o meu socorro? O meu socorro vem do Senhor, o que fez os céus e a terra."

Salmo 121:1-2 Nova Versão Internacional
Geraldo Bonadio é jornalista. geraldo.bonadio@gmail.com