ARTIGOS

O amanhã começa hoje


Geraldo Bonadio

Todos os projetos que você traça para o dia de amanhã podem, em maior ou menor grau, serem afetados por fatores que escapam à sua capacidade de prever. À noite, você acessa o canal do tempo ou consulta, na internet, a previsão meteorológica para o dia seguinte. As primeiras horas do dia, sai da cama, escancara a janela do quarto esperando por um dia de sol e constata que um toró sem tamanho está caindo sobre a cidade.

Tais surpresas sempre são possíveis e desorganizam a agenda mesmo de planejadores experientes. Constituem a famosa exceção que confirma a regra. Mesmo assim, crie o hábito de começar hoje o seu amanhã.

Acostume-se a driblar o inesperado sem maiores dramas. Com naturalidade, antes de recolher-se ao leito, deixe à mão aquilo de que terá necessidade ao acordar: roupas, calçados, documentos, dinheiro. Assim, criará ao seu redor um bolsão de serenidade que o habilitará a ser eficiente sem estresses.

Cuidar da higiene pessoal, vestir-se com tranquilidade, tomar café com a família e só depois, sem atropelos, colocar-se ao volante do carro e dirigir até o local de trabalho, vendo nos motoristas com quem partilha as ruas e avenidas iguais e não inimigos a serem destruídos, são coisas que não têm preço. Elas o predispõem a assumir o seu posto de trabalho com a respiração sob controle, um sorriso acolhedor no rosto e vontade de dar o melhor de si em cada tarefa a cumprir.

Alguma coisa fugiu ao roteiro? Não se inquiete. Redefina as ações necessárias e continue a navegar pelo dia com a satisfação de quem faz o que sabe e gosta.

Criadas essas disposições favoráveis, entregue o andamento das coisas nas mãos de Deus. Quando você faz a parte que lhe cabe, ele faz a dele e garante que tenha, sobre si, as bênçãos para que todas as suas iniciativas sejam bem-sucedidas.

"Com Deus faremos proezas. (...)"

Salmo 108:13 Nova Bíblia Pastoral
Geraldo Bonadio é jornalista. geraldo.bonadio@gmail.com