ARTIGOS

Quem muito explica pouco muda


Geraldo Bonadio

Seja lá qual for o objetivo que pretende alcançar hoje, é essencial que saiba muito bem quais os passos necessários e a ordem em que devem ser dados. As duas coisas são essenciais e, sem elas, você não terá sucesso.

Se a cozinheira deixa de aquecer previamente o forno, ainda que complete a preparação da massa no momento certo, não terá o bolo pronto a tempo. O turista que atrasa a viagem para o aeroporto, mesmo que tenha passaporte em dia e passagem comprada, perde o voo e deixa de chegar ao destino no instante pretendido.

Em toda e qualquer situação, é indispensável conservar o foco no que deve ser feito e em que momento.

Recebeu a incumbência de realizar certa mudança na empresa em que trabalha? Defina as ações indispensáveis para tanto e cuide de executá-las. Explicar porque elas se tornaram necessárias pode ser importante, mas não é a sua incumbência. O que importa -- e de você será exigido -- são as providências que deve adotar ou determinar que sejam adotadas aqui e agora.

Falar sobre não é o mesmo que fazer. Ao morador prejudicado pela falta d"água em sua casa pouco interessa saber o motivo pelo qual ela se ausentou da torneira. Uma única coisa ele reclama: ter o suprimento restabelecido a contento e no menor prazo.

Muita gente se ocupa, o tempo todo, em identificar o que, suposta ou verdadeiramente, está errado na vida do semelhante, na casa do vizinho, no outro lado da rua ou em algum ponto da cidade. Não seja mais um a deitar falação sobre isso. O que Deus espera de você é que saiba, com absoluta precisão, o que precisa mudar em sua vida ou na vida daqueles que dependem de você e cuide disso com empenho e boa vontade, como se tratasse da coisa mais importante do mundo -- o que, para você, realmente é.

O mundo tem um excesso de especialistas em identificar e proclamar o que deve ser feito pelos outros. Escasseiam os que reconhecem o que somente eles podem executar e tenham a firme convicção de que, se não começarem a fazê-lo agora mesmo, a obra comum de melhorar o mundo ficará por fazer.

"Preste atenção, povo meu. Dê-me ouvidos, gente minha. De mim provém a lei, e meu direito é luz para os povos."

Isaías 51:4 Nova Bíblia Pastoral
Geraldo Bonadio é jornalista. geraldo.bonadio@gmail.com