ESPORTES

Corinthians e Palmeiras avançam na Copa São Paulo


De maneiras diferentes, Corinthians e Palmeiras conquistaram nesta sexta-feira (12) a classificação para a terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior.
 
O Corinthians sofreu, mas avançou. Com colaboração decisiva do goleiro Diego, o clube alvinegro venceu o Sport por 4 a 1 nos pênaltis, em Araraquara, e se manteve vivo na briga pelo bicampeonato. Durante o tempo regulamentar, os dois times empataram por 1 a 1. Os gols foram feitos por Fabrício Oya, do Corinthians, e João Erick para o Sport.

O clube alvinegro acelerou o ritmo no início de partida para curar rapidamente a má impressão deixada pelo empate contra a Ferroviária. O time comandado por Coelho pressionou o Sport e rapidamente abriu o placar em Araraquara. O meia Fabrício Oya, considerado principal jogador do time, cobrou falta com categoria aos 13min e deslocou o goleiro do Sport.

O gol permitiu ao Corinthians ser mais cauteloso e buscar um jogo mais seguro. O ritmo mais lento derrubou a intensidade da equipe corintiana, que aos poucos cedeu espaços e viu o Sport crescer, especialmente após o intervalo. A vantagem mínima satisfez o time alvinegro, que se fechou e levava perigo apenas nas bolas paradas de Fabrício Oya.

O castigo pela queda de intensidade corintiana veio aos 32min. A arbitragem marcou pênalti para a equipe rubro-negra após a bola bater no braço de João. Do lado do Sport, João Erick bateu com categoria, superou o goleiro corintiano e inaugurou uma nova fase na partida.

O empate encorajou o time pernambucano, que ensaiou uma pressão e quase virou a partida. O Corinthians aos poucos se reorganizou e buscou a vitória no fim, especialmente com Fabrício Oya. O camisa 10 arriscou chute da entrada da área e viu a bola passar perto da trave esquerda já nos acréscimos.
 
No tempo normal

O Palmeiras passou por dificuldade, mas derrotou o Botafogo-PB por 2 a 0. Em uma partida na qual o Palmeiras dominou, mas demorou para confirmar a vitória, Gabriel Furtado chegou para definir e tratou de homenagear Felipe Melo. Aos 34min do segundo tempo, Yan cruzou na medida, e o meio-campista tocou de cabeça para o gol. Na comemoração, o jovem que já atuou entre os profissionais imitou um "pitbull" para celebrar o gol e a passagem de fase.

Antes do momento Felipe Melo de Gabriel Furtado em Taubaté, o Palmeiras já dominava as ações da partida e construía o resultado positivo. Depois de 0 a 0 na primeira etapa, a equipe alviverde tratou de encaminhar a vitória logo no início. Aos 7min, Fernando tocou para Yan, que, sem goleiro, abriu o marcador.

O resultado positivo obtido no segundo tempo justificou a postura superior do Palmeiras. A equipe alviverde dominou as ações no primeiro tempo, mas pecou muito nos arremates. O Botafogo, por outro lado, viu exposta as suas limitações diante de um adversário mais forte e só procurou administrar o jogo defensivamente.

A marcação dos paraibanos, muitas vezes, gerou reclamações por parte dos palmeirenses. Durante toda a partida, os jogadores questionaram a arbitragem em quatro momentos pela não-marcação de penalidades; dois deles (com Mailton e Léo Passos) ainda no primeiro tempo. A irritação acabou minimizada somente após a abertura do placar. (Folhapress)