SOROCABA E REGIÃO

Passagens de ônibus intermunicipais sobem 4,48%


Os mais de 1,2 milhões de passageiros que utilizammensalmente as linhas de ônibus intermunicipais da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS) pagarão mais pelas passagens a partir de terça-feira (16). O reajuste médio ficou na casa dos 4,48% e, apesar da alta, o índice é menor que o aplicado no ano passado, quando as passagens subiram 6,81%.


Adenilson se incomoda com a lotação dos coletivos - ERICK PINHEIRO Adenilson se incomoda com a lotação dos coletivos - ERICK PINHEIRO


De acordo com a Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos (STM), o aumento de 12% no combustível foi o que mais pesou na composição do reajuste, que levou em conta também a elevação do custo da mão de obra (entre 4% e 4,5%), de aquisição de novos veículos (5%), além da inflação acumulada no período. A pasta afirma que não há subsídios de tarifa por parte do governo do Estado.


Por mais conforto, Adolfina chega a mudar itinerário - ERICK PINHEIRO Por mais conforto, Adolfina chega a mudar itinerário - ERICK PINHEIRO


Na RMS operam 80 linhas metropolitanas, a maioria com ponto final nas proximidades da rodoviária, e quem precisa delas diariamente é que mais sente o peso no bolso. "Fica cada vez mais caro", comentou o vendedor Patrick Aygadoux, de 34 anos, morador de Alumínio, que passará a pagar R$ 5,15 ao invés dos atuais R$ 4,90. A babá Pâmela Aparecida Antunes, de 29 anos, também vem a Sorocaba todos os dias, de Araçoiaba da Serra. Para ela e para sua mãe, Adolfina Antunes, de 52 anos -- que viaja duas vezes por semana para trabalhar como diarista -- o pior é ter que pagar mais por um serviço que, segundo elas, ainda precisa melhorar muito. "Na maioria das vezes temos de viajar em pé", reclamou Pâmela. Adolfina conta que, algumas vezes, paga mais caro na passagem para vir com o ônibus de Tatuí para Sorocaba, que passa por Araçoiaba. "Pelo menos vem mais vazio." A passagem de Araçoiaba para Sorocaba subirá de R$ 5,35 para R$ 5,60.


Ivanete usa o transporte esporadicamente - ERICK PINHEIRO Ivanete usa o transporte esporadicamente - ERICK PINHEIRO


Os passageiros que usam a linha de Sorocaba para Salto de Pirapora -- cuja passagem subirá de R$ 4,85 para R$ 5,05 -- também reclamam da qualidade do serviço. "A gente já paga muito caro e todo dia vou quase pendurada na porta", contou a auxiliar de limpeza Márcia Aparecida Rocha, de 39 anos. Funcionário do Hospital Regional, Adenilson de Moraes, 48 anos, também se incomoda com a lotação. "Tinha ouvido falar mesmo que a passagem ia subir." Há ainda quem use o ônibus esporadicamente e que não o considere tão caro assim. "A gente gasta mais para andar lá dentro da cidade, com a passagem a R$ 3,20", comentou a operadora de máquinas Ivanete Santana, de 42 anos, enquanto aguardava um coletivo para Porto Feliz -- para onde a viagem, a partir de Sorocaba, subirá dos atuais R$ 6,25 para R$ 6,55.


Márcia: 'todo dia vou quase pendurada na porta' - ERICK PINHEIRO Márcia: 'todo dia vou quase pendurada na porta' - ERICK PINHEIRO


Entre as demais linhas que ligam municípios da RMSa Sorocaba, os reajustes serão de R$ 16,05 para R$ 16,70 (Sarapuí); R$ 5,45 para R$ 5,70 (Mairinque); R$ 6,85 para R$ 7,20 (São Roque); R$ 15,15 para R$ 15,85 (Tatuí); R$ 8,90 para R$ 9,35 (Capela do Alto); R$ 7,00 para R$ 7,30 (Boituva); R$ 14,55 para R$ 15,20 (Ibiúna); R$ 5,55 para 5,80 (Iperó); R$ 5,60 para R$ 5,90 (Itu); R$ 7,25 para R$ 7,55 (Salto); R$ 7,00 para R$ 7,30 (Piedade); R$ 22,10 para R$ 23,10 (São Miguel Arcanjo); R$ 10,10 para R$ 10,55 (Pilar do Sul) e R$ 3,75 para R$ 3,90 (Votorantim).


Pâmela diz que tem de viajar em pé - ERICK PINHEIRO Pâmela diz que tem de viajar em pé - ERICK PINHEIRO


Novo ponto

Os passageiros que utilizam os ônibus do Grupo São João, que fazem as linhas de Sorocaba para Salto de Pirapora e Boituva, também terão que se adaptar com um novo ponto de parada a partir da próxima semana. Por determinação da Urbes - Trânsito e Transportes, os coletivos deixarão de parar na avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira, próximo ao ponto de desembarque da rodoviária, para ter como ponto final a parada localizada rua Pandiá Calógeras, em frente ao Edifício Boulevard Alavanca. Segundo a Urbes, a medida -- que começa a valer na segunda-feira (15) -- visa aumentar a segurança dos passageiros. Segundo a empresa São João, monitores ficarão no antigo ponto para orientar e sanar dúvidas de passageiros.


Patrick: 'fica cada vez mais caro' - ERICK PINHEIRO Patrick: 'fica cada vez mais caro' - ERICK PINHEIRO