CULTURA

Espetáculo de palhaço argentino conta com efeitos tecnológicos


"Marcelino em CircSurReal" é o nome do espetáculo solo que o artista argentino Marcelo Lujan apresenta no teatro do Sesc neste sábado (13), às 20h. Na apresentação, o personagem cômico e ingênuo, que está sempre em busca de aventuras, sonhos, surpresas e ilusões, mostra técnicas de mágica, equilíbrio, malabarismo e música que se mesclam a efeitos tecnológicos.

Cheio de facetas mágicas e habilidades incríveis, Marcelino entra em cena propondo outra realidade ao público, dentro de um cenário surpreendente que mais parece uma instalação de arte surrealista de um circo non-sense.

O argentino Marcelo Lujan, criador do espetáculo, é músico, interpretador, clown acrobata, equilibrista e produtor. É diretor musical e artista do Circo Zanni desde 2003 e criador e diretor artístico do grupo Circo Amarillo, com o qual trabalha desde 1995 na criação de espetáculos circenses. Estudou artes plásticas durante oito anos, além de estudar no Conservatório de Música Julian Aguirre, na Argentina, por quatro anos.

Os ingressos para o espetáculo, disponíveis até o fechamento desta edição, custam R$ 5 para credenciados no Sesc e dependentes (credencial plena), R$ 8,50 para aposentados (pessoas com mais de 60 anos), pessoas com deficiência, estudantes e servidores da escola pública com comprovante e R$ 17 inteira.

O Sesc fica na rua Barão de Piratininga, 555.