SOROCABA E REGIÃO

Começa a vacinação contra febre amarela em Brigadeiro Tobias


A partir desta quarta-feira (3) até sábado (6), a Secretaria de Saúde de Sorocaba (SES) estará vacinando contra a febre amarela os moradores do bairro de Brigadeiro Tobias. A ação preventiva, segundo a Prefeitura, é uma recomendação feita pelo Estado, que também define as regiões consideradas mais vulneráveis. A Secretaria de Estado da Saúde garante, porém, não haver na cidade nenhum caso confirmado da doença em humanos e nem registros de óbitos em macacos.

Em nota divulgada à imprensa, a Prefeitura explicou que a orientação para a vacinação partiu da Secretaria de Estado da Saúde, por meio do Grupo Regional de Vigilância Epidemiológica (GVE 31). De acordo com a gestora da Vigilância em Saúde, Jéssica Diniz, toda ação preventiva em determinadas áreas do município será realizada a partir de orientações da Secretaria de Saúde do Estado, que vem acompanhando a ocorrência de casos de febre amarela silvestre em macacos e humanos no Estado. "A ação é preventiva e não há motivo para alarme. Todos os casos confirmados no Estado ocorreram em localidades próximas às matas nativas, portanto, a ação será direcionada a determinados territórios", explica.

De acordo com a SES, outros bairros que receberão a ação preventiva estão sendo analisados pela Secretaria de Estado da Saúde e serão divulgados nos próximos dias. As doses serão disponibilizadas pelo Estado.

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo esclarece que a intensificação da vacinação contra febre amarela segue critérios baseados no cenário epidemiológico. A pasta tem realizado monitoramento constante do território paulista, tanto para casos humanos quanto em macacos, com ênfase nos corredores ecológicos. Esse trabalho é preventivo e contínuo e, a partir dele, a Secretaria tem traçado as estratégias de intensificação da vacinação neste ano, a exemplo da que se inicia nesta quarta (3) em Sorocaba.

A Secretaria orienta que o esquema vacinal é composto por dose única, conforme recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A imunização não está indicada para gestantes, mulheres amamentando crianças com até 6 meses e imunodeprimidos, como pacientes em tratamento quimioterápico, radioterápico ou com corticoides em doses elevadas (portadores de Lúpus, por exemplo).

Entre quarta (3) e sexta-feira (5), a vacinação na Unidade Básica de Saúde de Brigadeiro Tobias será das 7h às 19h, e no sábado (6), das 8h às 17h. A UBS está localizada na rua Ana Gomes Correa, 55.

Além da UBS de Brigadeiro, o atendimento às pessoas que necessitam dessa imunização é feito em outras três Unidades Básicas de Saúde: UBS Escola (avenida Comendador Pereira Inácio, 500), das 8 às 16h, de segunda a sexta-feira, na avenida Comendador Pereira Inácio, 500; na UBS Vila Angélica (rua Major Sila Vilela, 27), das 11h às16h, às 4ª feiras, e na UBS Jardim Simus (Alameda dos Lírios, 327) das 13h às 16h, sempre às 5ª feiras.

Vacinação suspensa

A Secretaria de Saúde (SES), por meio da Área de Atenção Básica, informa que a Unidade Sorocaba I está com o serviço de vacinação temporariamente interrompido. Devido a um problema de funcionamento na câmara que armazena as vacinas, ocorrido ontem, as doses foram transferidas à sala central de vacinas, localizada próxima à UPH Zona Leste. A manutenção já foi iniciada e a câmara retirada para análise e testagem. Ainda não há previsão para a volta do serviço. Os munícipes que necessitarem de vacinação estão sendo direcionados às unidades do Simus e do Wanel Ville.