ARTIGOS

Ouvir não é fácil


Já experimentou conversar com alguém em meio a uma feira livre? Ou no terminal de ônibus urbanos, na hora em que as pessoas estão voltando para casa? Não é fácil fazê-lo. O ruído ao seu redor, muito grande, distrai a atenção. Vez por outra, passa um conhecido, entra na conversa que você estava tendo e a troca de ideias e informações toma outro rumo.
 
Mesmo quando você está sozinho com a pessoa que lhe dirige a palavra, ouvir continua sendo uma arte difícil de exercitar. Seus pensamentos, sentimentos e emoções tentam, a todo instante, entrar no circuito. O smartphone alerta segundo a segundo para novas mensagens. Se não se esforçar por manter sua atenção focada no que o outro lhe diz, no final das contas não saberá distinguir das palavras dele aquilo que foi introduzido, entre as lembranças, pelo seu próprio pensamento.
 
Esteja consciente de que a maioria das distrações, nas conversas que mantém com alguém, são provenientes de suas próprias ideias, pois o cérebro não para de processá-las em instante algum. Se estiver atento a essa realidade, será mais fácil para você colocá-las de lado, por alguns minutos, e ouvir o que está lhe sendo dito, com a atenção que espera receber quando se dirige ao outro.
 
Isso vale, igualmente, para os seus diálogos com Deus. Só quando cala o tumulto de seus pensamentos e ignora os gritos de seu coração, consegue captar os apelos que o Senhor lhe dirige, através dos acontecimentos. Ai, facilmente irá entendê-los e dar a eles a resposta adequada.
 
"Feliz o homem que me ouve, todos os dias velando à minha porta, montando guarda no meu limiar."
 
Provérbio 8:34 Tradução Ecumênica da Bíblia