INFORMAÇÃO LIVRE

Câmara quer explicações sobre uso de carro oficial


O vereador Renan Santos (PCdoB) teve aprovado pela Câmara um requerimento que questiona a Prefeitura sobre o uso de um veículo oficial durante o último fim de semana. O parlamentar alega ter sido procurado por munícipes que denunciaram a utilização do automóvel, supostamente avistado na rodovia Castelo Branco no último domingo "aparentemente com malas no banco traseiro". Renan cobra explicações sobre o suposto uso do automóvel, bem como em relação à forma de controle que a administração faz sobre a utilização da frota.
 
Consciência negra

Cerca de 50 personalidades sorocabanas receberam certificados de reconhecimento na cerimônia de encerramento do Mês da Consciência Negra, na última quinta-feira, em Sorocaba. A solenidade ocorreu na sede da Secretaria de Igualdade e Assistência Social (Sias), que respondeu pela programação de eventos realizados ao longo do mês, com as secretarias de Cultura e Turismo (Secultur) e de Abastecimento e Nutrição (Seaban). A programação do mês teve 29 eventos, como palestras, feiras, exposições, culto, missa afro, entre outros.

Ambulatórios

O vereador Helio Brasileiro (PMDB) protocolou na Câmara de Sorocaba um projeto de lei que obriga todas as universidades públicas e particulares de Sorocaba a contar com ambulatórios dentro de seus domínios, para o atendimento de primeiros-socorros em casos de necessidade. Caso a proposta se torne lei, todas as instituições de ensino superior com mais de 700 alunos matriculados deverão se adequar à norma. Em caso de descumprimento, a unidade estará sujeita à cobrança de multa no valor de R$ 1 mil, que poderá ser cobrada em dobro em caso de reincidência. Atualmente, o projeto aguarda pareceres para ser incluído na pauta de votação.

Agora vai?

O ex-secretário e atual presidente do PSDB de Sorocaba, João Leandro da Costa Filho, deve receber em breve o título de cidadão sorocabano, concedido pela Câmara de Sorocaba. Um projeto de decreto legislativo do vereador João Donizeti (PSDB), protocolado recentemente na Casa, contém a proposta e deve ser votado futuramente. Em 2015, a mesma condecoração foi apresentada pelo atual prefeito (à época vereador) José Crespo (DEM), mas acabou rejeitada uma vez que o próprio João Leandro se manifestou dizendo que recusava o título. O presidente do PSDB argumentou que não faria sentido receber a homenagem das mãos de um adversário político que fazia constantes ataques à administração que ele integrava.

Publicada

A lei que obriga Prefeitura e Câmara a divulgar em seus respectivos sites as informações referentes às despesas com condenações trabalhistas foi promulgada e publicada na última quinta-feira. A lei parte de um projeto da vereadora Fernanda Garcia (Psol), que foi vetado pelo prefeito José Crespo (DEM). O veto, porém, foi derrubado em plenário e, com isso, coube ao presidente da Câmara, Rodrigo Manga (DEM), sancionar a proposta. Cabe à Prefeitura, que alega ser a lei ilegal uma vez que as informações que a norma traz a público seriam sigilosas, recorrer à Justiça como último recurso contra a execução da regra.

Dia do músico

Para comemorar o dia do músico, que acontece anualmente no dia 22 de novembro, foi realizada ontem solenidade na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). O evento contou com a participação de músicos e associações que representam a categoria em todo o Estado. O músico e deputado Jorge Wilson Xerife do Consumidor (PRB) foi o autor da homenagem e chamou a atenção para a importância do reconhecimento desses profissionais. "É uma data especial não só no nosso Estado como em todo País. Nenhum cidadão vive sem música, ela faz parte da nossa vida", afirmou. Para o deputado, o Legislativo pode auxiliar a classe. "Nós, deputados, precisamos ajudar a desenvolver a categoria do profissional liberal e propor projetos que amparem esses trabalhadores."