INFORMAÇÃO LIVRE

Prefeitura deve criar nova secretaria


Uma nova secretaria municipal deverá ser criada em breve pela Prefeitura de Sorocaba. A informação foi divulgada ontem pelo presidente da Câmara, Rodrigo Manga (DEM), e pelo vereador José Francisco Martinez (PSDB). Eles disseram terem sido informados pelo secretário de Assistência Social, Alexandre Hugo de Morais, da novidade. Segundo os dois vereadores, a nova pasta tratará especificamente do tema da dependência química, desmembrando o setor da secretaria chefiada por Morais. O tema é uma das prioridades na atuação política de Manga.


Hospital Regional

A diretora do Hospital Regional de Sorocaba, Silvia Moreira, deve comparecer à Câmara Municipal na manhã da próxima quinta-feira (30) para prestar esclarecimentos aos vereadores sobre os problemas no atendimento que eles acusam na unidade. Os parlamentares voltaram a falar sobre o assunto, que já havia sido discutido no início do mês, na sessão de ontem. Silvia foi notificada pelos vereadores a prestar informações e avisada de que, caso não comparecesse, uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre o tema seria instaurada. Uma vez que uma CPI é criada, ela tem o poder de convocar depoentes que, dessa forma, ficam obrigados legalmente a comparecer ao Legislativo.

Com delay

O Procon de Sorocaba iniciou nesta semana uma ação de fiscalização para verificar a compatibilidade do aumento de preço dos combustíveis pelas distribuidoras com o praticado nas bombas dos postos da cidade. O levantamento será feito com base no acumulado dos últimos quatro meses. Os resultados de uma outra ação de fiscalização do Procon de Sorocaba a postos da cidade, que aconteceu entre julho e agosto, foram divulgados pela Prefeitura de Sorocaba "com delay", ou seja, somente no último dia 22.

Troca de partido?

O deputado estadual Campos Machado (PTB) fez um convite formal ao vereador Mário Covas Neto (PSDB) para que ele ingresse no Partido Trabalhista Brasileiro. Ambos estiveram reunidos na última quarta-feira no salão nobre da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), onde a possibilidade foi debatida. Filho do ex-governador de São Paulo, Mário Covas, o vereador tucano já foi presidente municipal do PSDB. Além de presidente estadual do PTB, Campos Machado é o secretário-geral nacional da sigla.

Família segura

Especialistas reuniram-se ontem na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) para debater as vantagens do Patrulha Família Segura. O programa tem por objetivo fiscalizar o cumprimento de medidas protetivas deferidas por juízes para que vítimas de violência doméstica e suas famílias possam viver em segurança. "Trata-se de um assunto que envolve tragédias pessoais e familiares, situação em que a vítima mal consegue reunir forças para fazer um relato", declarou a coordenadora nacional do PSD Mulher, Alda Marco Antonio. A patrulha foi criada em maio de 2015, na cidade de Registro, e foi posta em prática após a amiga de um PM da região ter sofrido agressões. Atualmente, as cidades de Registro, Sete Barras, Iguape, Ilha Comprida, Miracatu, Jacupiranga, Eldorado, Pariquera-Açu e Cajati são assistidas pelo programa.