REFLEXÃO

O inconformismo é o pai da mudança


* Geraldo Bonadio
Nada é mais característico do ser humano que a inconformidade. A recusa do definitivo, a rejeição do intransformável e o desprezo pelo intransponível levaram a humanidade, século após século, a remodelar o mundo, enriquecendo e complementando a obra do Altíssimo.
Entre homens e mulheres de todas as idades, a geração mais jovem é, habitualmente, aquela em que o anseio de inovar, reinterpretar e aprimorar se exprime mais intensamente. É bom e natural que assim seja. O afastamento inicial em relação aos mais velhos pavimenta o caminho da integração futura.
Ruim é que, muita vez, a rebeldia altamente positiva dos emergentes seja canalizada para causas indignas e contestações meramente negativas: pichações nada artísticas, depredações e furtos de escolas, formas de degradação que vão da exposição da intimidade alheia à automutilação e ao suicídio.
O Pai Celestial tem, à espera do jovem, um mundo inteiro a ser aperfeiçoado, uma multidão de injustiças a serem corrigidas, uma infinidade de tristezas e sofrimentos a serem atenuados ou eliminados. Cabe, por sua vez, àqueles que chegaram à maturidade, dialogar com a juventude, despertá-la para alvos desafiadores e buscar, em suas explosões contestatórias o que, bem trabalhado, promoverá a humanização do mundo.
Na perspectiva do Pai, justiça não faz dupla com covardia ou desalento; a correção de objetivos não serve de disfarce ao medo e à omissão, a alegada fidelidade ao Evangelho não pode camuflar a falta de valentia nem a rejeição à violência servir de escudo à perpetuação da injustiça mascarada de obediência à lei ou respeito à ordem. Encoraje o jovem a cultivar e exercer seu inconformismo numa perspectiva de misericórdia para com os pobres e injustiçados.
 
“Os perversos são perseguidos pela culpa; estão prontos para fugir mesmo quando ninguém está atrás deles. As pessoas honestas são calmas e confiantes, corajosas como um leão.”Provérbios 28:1 - Mensagem - Bíblia em Linguagem Contemporânea
Geraldo Bonadio é jornalista
geraldo.bonadio@gmail.com