CARTAS

Para-raios


A escola Antônio Miguel Pereira Júnior, no Central Parque, em Sorocaba, expõe os alunos a riscos. Por incrível que pareça, há mais de cinco anos a escola não conta com a proteção de para-raios. Só existem as hastes, pois os cabos de aterramento foram roubados. Até hoje ninguém tomou qualquer providência. Será que é preciso ter um acidente com alunos ou até mesmo com funcionários para eliminar os riscos? Atenção senhores responsáveis, estamos entrando no período chuvoso, com grande intensidade de raios. Mais atenção.

ADOLFRIDES FERRAZ ARRUDA

Resposta - A Diretoria Regional de Ensino de Sorocaba já solicitou orçamento para a instalação dos equipamentos na Escola Estadual Antônio Miguel Pereira Júnior. O processo está em andamento para a finalizar a colocação de para-raios.

SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DO ESTADO