CULTURA

Os estilos urbanos de Mario Ghanna


 
Maíra Fernandes
 maira.fernandes@jcruzeiro.com.br
 
O clássico e o popular, o blues e a MPB se encontram e se fundem no álbum "Xadrez Urbano", que o músico sorocabano Mario Ghanna pré-lança hoje, às 15h30, no Hangar 51.
 
O público sorocabano poderá conferir o trabalho autoral do músico, no álbum que traz composições como "É Cedo", que já toca em diversas rádios do Brasil, "Eu Minto Tão Bem", "Confissões", "Rodei", entre outras. O destaque é para "Mãos ao Alto", canção que fala sobre a impunidade no Brasil, tema recorrente na vida do músico que, em horário comercial, atua como Procurador da República em Santa Catarina, onde vive atualmente.
 
Mas é bom frisar que não apenas assuntos ligados à profissão marcam as composições de Ghanna. Cotidiano, relacionamento, coisas ouvidas e vividas pelo artista também inspiram a criação do músico, que mistura sua formação clássica com música popular, especialmente blues e MPB. "Grande parte dos riffs de guitarra são dedilhados, que é uma característica da música clássica. Eu carrego a música clássica na técnica de execução", explica.
 
Ghanna estudou aqui suas duas paixões: a música (violão clássico) e o Direito, carreira que optou seguir profissionalmente. Durante um bom tempo, foram as leis que ocuparam a cabeça e a agenda de Ghanna, que depois de muita resistência, cedeu à sua primeira paixão, e retomou à música. Hoje, o músico e procurador se dividem entre os dois amores, sem nenhum problema: enquanto uma paixão ele vive durante o dia, a outra ele visita à noite.
 
Ele estava em Nova Iorque, frequentando bares e convivendo com músicos de blues e jazz, quando resolveu atender ao chamado musical. Ao voltar ao Brasil, formou um trio que rodou o país apresentando covers de grandes nomes do blues como Eric Clapton, BB King, Buddy Guy, Marvin Gaye, James Brown, Ray Charles, entre outros. E foi a partir dessa experiência que resolveu gravar. "As músicas foram aparecendo, quando considerei um bom material, resolvi gravar. Tem muito do jazz e do blues, tentei fazer um negócio original que misturasse muitas coisas", fala ele, que saiu de Sorocaba há 10 anos e nem pensa na possibilidade de ter de escolher entre uma ou outra profissão. "Dá para levar as duas", garante.
 
Para saber mais sobre o artista: www.marioghanna.com.br.
 
 
Serviço
 
 
O show de pré-lançamento do álbum "Xadrez Urbano", de Mario Ghanna, acontece no Hangar 51, que fica na rua Victório Pegoretti, 51, Jardim Faculdade, Sorocaba, a partir das 15h30. O preço é R$ 10 (mulheres) e R$ 15 para os homens.