Cultura

Internado no Rio, Ziraldo é transferido para unidade semi-intensiva

O estado de saúde do cartunista e escritor segue estável, mas ainda inspira cuidados
O estado de saúde de Ziraldo segue estável. Crédito da foto: Ana Colla/ Divulgação/ Melhoramentos

O cartunista e escritor Ziraldo, 85 anos, foi transferido neste domingo (30) para a unidade semi-intensiva do Hospital Pró Cardíaco, em Botafogo, depois de ser internado na última quarta-feira (26), com um quadro de acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico no Centro de Terapia Intensiva (CTI), com um estado clínico considerado grave pelos médicos. O boletim médico divulgado nesta segunda-feira (1°) indica que o estado de saúde de Ziraldo segue estável, mas ainda inspira cuidados, devido ao AVC hemorrágico que sofreu.

Leia mais  'Vai que cola 2' e 'Divaldo' estão entre as estreias da semana nos cinemas

Preso político

Além de cartunista e escritor, Ziraldo é pintor, dramaturgo e jornalista. Ele foi um dos fundadores do jornal O Pasquim, que fez muito sucesso e humor crítico durante o regime militar. No dia seguinte à edição do Ato Institucional nº 5 (AI-5), editado no dia 13 de dezembro de 1968 durante o governo do general Costa e Silva, Ziraldo foi preso em casa e levado para o Forte de Copacabana por ser considerado um “elemento perigoso”.

Literatura

Entre as crianças, Ziraldo ficou famoso com o personagem Menino Maluquinho, criado nos anos 1980, campeão de vendas em livro e de público nos cinemas do país. O livro foi traduzido para o inglês, espanhol, basco, alemão e italiano e teve adaptações para o cinema, teatro e televisão.

Na TV Brasil, os 26 episódios do programa Um Menino muito Maluquinho foram apresentados ao longo de 2006. O cartunista e escritor ainda apresentou o ABC do Ziraldo durante cinco temporadas. Foram 189 episódios onde o tema era sempre incentivar jovens e crianças ao hábito da leitura.

AVC hemorrágico

O AVC hemorrágico ou acidente vascular cerebral hemorrágico se dá pelo comprometimento de alguma artéria cerebral e acontece quando há o rompimento de um vaso cerebral, ocorrendo um sangramento (hemorragia) em algum ponto do sistema nervoso. (Douglas Corrêa – Agência Brasil)

Comentários

CLASSICRUZEIRO